98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Mulher morre na porta do Ipsemg, em BH, e família alega negligência

Mulher morre na porta do Ipsemg, em BH, e família alega negligência

Carla Mércia Ferreira Lima, de 47 anos, acompanhava a mãe internada, quando passou mal e faleceu na madrugada desta quinta

Por Fernando Motta - Cidades21/01/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Uma mulher de 47 anos que acompanhava a mãe internada no Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) passou mal e morreu na porta da unidade na madrugada desta quinta-feira (21). A família procurou a Polícia Militar para registrar um boletim de ocorrência, acreditando que houve negligência médica.

A mãe estava internada na unidade com infecção urinária. Na tarde dessa quarta-feira (20), a filha, Carla Mércia Ferreira Lima, começou a sentir dores no braço e no peito.

Ela pediu ajuda médica, mas como não era beneficiária do Ipsemg, não recebeu atendimento.

A família contou que as dores aumentaram e Carla insistiu para ser atendida na unidade. De acordo com o boletim de ocorrência, na madrugada, uma equipe médica verificou a pressão arterial da mulher e disse que não se tratava de uma emergência.

A mulher, então, disse à mãe que iria procurar atendimento em outro local. No entanto, enquanto estava na porta da unidade, esperando pelo transporte, Carla caiu e foi socorrida, mas não resistiu e morreu.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, o Ipsemg alegou que o hospital é de uso de beneficiários do Estado. Ainda assim, os médicos avaliaram Carla e avaliaram que o quadro estava dentro da normalidade, solicitando, então, que ela procurasse uma outra unidade de saúde.

Em nota, o Ipsemg informou que Carla "havia sido atendida por uma equipe de avaliação ao queixar-se de dores, quando se constatou que ela apresentava sinais vitais normais, estando acordada, conversando e andando normalmente. A paciente recebeu todos os atendimentos médicos de emergência, conforme os protocolos vigentes".

Posteriormente, na madrugada, por volta de 1h20, o Ipsemg diz que ela foi atendida pela equipe médica do Serviço Médico de Urgência do Hospital Governador Israel Pinheiro após sofrer um mal súbito.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.