Carregando...

Cidades

Prefeita de Contagem dá o primeiro passo para reduzir IPTU na cidade

Projeto de lei será encaminhado à Câmara Municipal na próxima semana

Por João Henrique do Vale

O valor do IPTU em Contagem, na Grande BH, deve ser reduzido. A prefeita Marília Campos (PT) vai encaminhar à Câmara Municipal da cidade, um projeto de lei propondo a redução do imposto. A informação foi confirmada, nesta quarta-feira, em entrevista ao Central 98. Na conversa, a administradora municipal também falou do início de conversa para obras que vão reduzir as enchentes na Avenida Teresa Cristina, dos desafios da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel) e sobre as ações contra a Covid-19

A redução do IPTU foi uma das promessas de campanha da prefeita, que assumiu o cargo pela terceira vez na cidade. O primeiro passo para isso será dado na próxima semana, quando um projeto será encaminhado à Câmara. Além disso, Marília promete renegociar dividas com os moradores. 

"Na próxima semana, vamos apresentar dois projetos na Câmara Municipal de Contagem: a redução do IPTU residencial e a negociação de dívidas da população com o município", afirmou. 

Obras para conter enchentes 

Um comitê gestor foi criado para resolver os problemas das enchentes na região da Avenida Teresa Cristina. Participam do grupo, representantes representantes do Governo de Minas Gerais, e das prefeituras de Contagem e de Belo Horizonte. Marília Campos afirma que serão necessárias intervenções no Córrego Ferrugem, que deságua no Ribeirão Arrudas. 1

"A ideia é construir 10 bacias em Contagem, e uma em Belo Horizonte. São obras a serem realizadas pelo estado, durante 10 anos. As famílias do entorno são beneficiadas do Bolsa Moradia, e estão aguardando essas moradias. [Até o momento] foi construída apenas 1 bacia", explicou. 

A prefeita afirma que Contagem tem R$ 40 milhões disponíveis para a construção de três bacias. "A criação deste comitê visa conseguir recursos para concluir a construção dessas bacias", explica. Segundo ela, serão necessários R$ 330 milhões para as obras, bem como a realocação de moradores.

Granbel 

Os prefeitos de cidades da Grande BH elegeram, ontem, Ilce Alves Rocha Perdigão (PSDB), prefeita de Vespasiano, a nova presidente da Granbel. A prefeita de Contagem, Marília Campos, foi eleita vice-presidente. Segundo ela, entre os desafios está a gestão do transporte coletivo metropolitano, e vacinas. 

“A nossa presidenta [da Granbel] Ilce, está articulando uma reunião com o Governador para discutirmos uma agenda: do transporte coletivo, a questão das vacinas...", disse. "Os prefeitos têm reclamado do número de doses que vem sido distribuída para os municípios. Têm cidades recebendo 30 doses de vacina, 60. Queremos discutir com o governador um tratamento especial para a Região Metropolitana", compeltou. 

Covid-19

Sobre o combate à Covid-19, Marília explicou que Contagem tem adotado uma postura de compartilhamento de responsabilidades com os empresários. "A nossa visão foi de ganhar a adesão da sociedade como um todo para o enfrentamento [da pandemia]", comentou. "Fizemos reuniões com todos os segmentos sociais, da população. O problema é de todos. Dialogamos com o comércio, com os bares, e elaboramos de forma conjunta protocolos que tratem o enfrentamento do Coronavírus", finalizou. 

A prefeita ressalta que há um comprometimento da maioria dos comércios, o que tem ajudado a conter o vírus. 


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais