98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Prefeito Alexandre Kalil descarta construção de hospital de campanha no Mineirão

Prefeito Alexandre Kalil descarta construção de hospital de campanha no Mineirão

Prefeito revelou que houve atrito com membros do Governo de Minas; no lugar da medida, prefeito anunciou 1 mil leitos exclusivos para tratamento para a Covid19 em hospitais municipais

Por João Henrique do Vale e Fernando Motta - Cidades06/04/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O prefeito Alexandre Kalil descartou a construção de um hospital de campanha na esplanada do Mineirão. Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (6), ele disse que houve atrito com membros do Governo de Minas, que não teriam cedido o espaço à prefeitura.

Segundo ele, a cessão estava praticamente combinada, mas depois o secretário Marco Aurélio Barcelos teria feito "uma proposta indecorosa, politiqueira", disse Kalil sem dar mais detalhes.

No lugar dessa medida, o prefeito de Belo Horizonte anunciou mil leitos exclusivos para a Covid 19 em hospitais municipais: Santa Casa, Hospital São Francisco e Hospital São José.

Fechamento de praças

Kalil voltou a reforçar a necessidade de isolamento. Ele anunciou que na sexta-feira irá fechar a praça da Assembleia e adotar medidas restritivas na Lagoa da Pampulha. Ele disse que estuda, junto à BHTrans, a possibilidade de apenas carros circularem na orla.

Restrições de entrada em BH

Kalil disse que todas as cidades que liberarem funcionamento do comércio por meio de decreto municipal terão seus veículos de transporte público proibidos de entrarem em Belo Horizonte.

'Não é hora de comer chocolate'

O prefeito falou ainda sobre a proximidade com a Páscoa e a proibição do funcionamento de lojas de chocolate. Segundo ele, a Guarda Municipal não está autorizada a deixar as lojas abertas. "Não é hora de comer chocolate, e sim arroz e feijão", disse.

'O comando está com o Mandetta'

Em meio a sua fala, Kalil ainda disparou contra o no presidente Jair Bolsonaro: "Se sua mãe está doente você liga para o Mandetta ou Bolsonaro? Então o comando está com o Mandetta", avaliou.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.