Carregando...

Cidades

A retomada das cirurgias eletivas está autorizada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) em Minas Gerais. O órgão recomendou o retorno gradual dos procedimentos não essenciais no Sistema Único de Saúde (SUS). A decisão abarca a rede privada. Protocolos de cuidados e biossegurança já estabelecidos devem ser seguidos.

A decisão para a retomada dos serviços eletivos não essenciais se baseia em parecer emitido pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes). Foi autorizado, além das cirurgias, as consultas, exames e procedimentos ambulatoriais não essenciais.

O secretário de saúde, Carlos Eduardo Amaral, enfatiza que a escolha para o retorno deve ser fruto de diálogo entre gestores municipais, hospitais e operadoras de Saúde suplementar para que sejam definidas estratégias de priorização da agenda cirúrgica, considerando as especificidades locais em relação à demanda por cirurgias eletivas represadas e o contexto epidemiológico para a covid-19. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais