98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Somente comércio considerado essencial pode abrir em BH; veja o que pode funcionar

Somente comércio considerado essencial pode abrir em BH; veja o que pode funcionar

Decisão foi tomada pelo prefeito Alexandre Kalil na última sexta-feira por causa do aumento do número de casos

Por João Henrique do Vale - Cidades29/06/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Belo Horizonte retorna nesta segunda-feira para chamada fase zero de flexibilização, onde somente os serviços essenciais poderão funcionar. O retorno foi anunciado na sexta-feira pelo prefeito Alexandre Kalil

A flexibilização na capital mineira teve início em 25 de maio. Mas, com o aumento no número de casos e a alta na ocupação de leitos, o prefeito decidiu frear a flexibilização.

Kalil se referiu ao aumento do número de casos como um "bombardeio". "O bombardeio chegou na nossa cidade e nós vamos tentar controlá-lo. Estamos em descontrole? Não. Mas podemos chegar perto do colapso ou do descontrole", disse o prefeito.

O prefeito fez um apelo para o cumprimento do isolamento social e pediu a população que denunciasse casos de descumprimento do isolamento, o que pode ser feito via aplicativo ou procurando a Ouvidoria.

Os locais que poderão ficar abertos são:

Artigos farmacêuticos (sem restrição de horário)

Artigos farmacêuticos, com manipulação de fórmula (sem restrição de horário)

Artigos médicos e ortopédicos (sem restrição de horário)

Açougue e Peixaria (de 7h às 21h)

Agências bancárias: instituições de crédito, seguro, capitalização, comércio e administração de valores imobiliários (sem restrição de horário)

Agência de correio e telégrafo (sem restrição de horário)

Atividades de serviços e serviços de uso coletivo, exceto os especificados no art. 2º do Decreto nº 17.328, de 8 de abril de 2020 (sem restrição de horário)

Atividades industriais (sem restrição de horário)

Banca de jornais e revistas (sem restrição de horário)

Comércio varejista de laticínios e frios (de 7h às 21h)

Combustíveis para veículos automotores (sem restrição de horário)

Comércio varejista de gás liquefeito de petróleo - GLP (sem restrição de horário)

Comércio atacadista da cadeia de atividades do comércio varejista listado nesta relação (5h às 17h)

Casas lotéricas (sem restrição de horário)

Comércio de medicamentos para animais (sem restrição de horário)

Comércio varejista de artigos de óptica (sem restrição de horário)

Hortifrutigranjeiros (de 7h às 21h)

Minimercados, mercearias e armazéns (de 7h às 21h)

Supermercados e hipermercados (de 7h às 21h)

Tintas, solventes e materiais para pintura (de 7h às 21h)

Material elétrico e hidráulico, vidros e ferragem (de 7h às 21h)

Madeireira (de 7h às 21h)

Material de construção em geral (de 7h às 21h)

Restaurantes, desde que em sistema de delivery ou retirada na porta (sem restrição de horário)