98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Superfaturamento de respiradores em Coronel Fabriciano é alvo da PF

Superfaturamento de respiradores em Coronel Fabriciano é alvo da PF

Operação foi deflagrada nesta sexta-feira pela Polícia Federal

Por João Henrique do Vale - Cidades20/11/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta sexta-feira, uma operação para combater o superfaturamento de valores de equipamentos médicos adquiridos pela Prefeitura de Coronel Fabriciano na pandemia da Covid-19.

As investigações apontam  apuram o uso de empresa “laranja” para a celebração de contrato com a Prefeitura de Coronel Fabriciano, com superfaturamento de valores, possível conluio entre empresas que participaram de cotação do serviço e eventual não entrega dos equipamentos adquiridos.

De acordo com a PF, uma das empresas teria vendido dois ventiladores pulmonares e alugado outros 10,  sendo que o preço de seis meses de aluguel do equipamento supera o valor de compra. Há ainda suspeita de que parte do material não tenha sido de fato entregue. Nota técnica produzida pela Controladoria-Geral da União (CGU) estima que o prejuízo causado é de, no mínimo,  R$ 414 mil.

Na operação, chamada de Vácuo, estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão. Os agentes também fiscalizam o local de instalação dos aparelhos. Foi feito o bloqueio de bens e valores em nome de todos os investigados. A ação acontece em Belo Horizonte, São José da Lapa, e Confins.

Os investigados, se condenados, podem cumprir até 10 anos de prisão.