98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Temporal em MG: casas são destruídas e moradores arrastados por correnteza

Temporal em MG: casas são destruídas e moradores arrastados por correnteza

Mulher foi resgatada em árvore após ser levada pelas águas e ser picada por cobra

Por João Henrique do Vale - Cidades12/01/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A chuva voltou a provocar estragos em Minas Gerais. Moradores de comunidades próximas de Barbacena, na Região Central do Estado, foram surpreendidas por um forte temporal na madrugada desta terça-feira. Casas foram destruídas e pessoas foram arrastadas pela força da água. Uma mulher foi resgatada em uma árvore depois de ser levada pela correnteza. Antes de ser encontrada pelos bombeiros, acabou picada por uma cobra. Ela foi levada para um hospital da cidade. Ainda não há informações sobre pessoas desaparecidas. A BR-040 foi parcialmente interditada por causa de um deslizamento de terra.

O temporal atingiu a cidade por volta das 0h25 no distrito de Correio de Almeida, localizado às margens da BR-040. Moradores afirmaram ao Corpo de Bombeiros que uma forte tromba d’água inundou várias residências localizadas na parte baixa do distrito. Os militares encontraram um trecho com água a 1,80 metros de altura. Moradores estavam ilhados. Eles foram levados para um local seguro.

Durante os trabalhos, os bombeiros foram informados por moradores que uma mulher de 34 anos estava desaparecida após ser levada pelas águas. Ela foi encontrada agarrada a uma árvore para não ser levada pela correnteza. A moradora acabou sendo picada por uma cobra e estava sonolenta, cansada e com sintomas de perda de consciência. A mulher foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Barbacena por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu).

Outra comunidade atingida foi a dos Costas. Moradores ficaram ilhados. Uma família foi resgatada dentro de uma residência. Na BR-040, próximo ao km 714, um barranco cedeu e interditou parte da pista.

De acordo com o tenente Jaime Tomaz, assessor de imprensa da 2ª Companhia Independente de Bombeiros de Barbacena, os militares seguem atuando nos distritos. “As informações que chegaram é que haviam pessoas desalojadas na comunidade.  Estamos fazendo levantamento dessas pessoas. Pessoa desaparecida somente a mulher que foi levada pelas águas da correnteza que resgatamos próximo a árvore. Como são áreas distantes uma das outras temos que ter acesso a moradores”, afirmou.