98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Zema anuncia pagamento do 13º e salário de servidores de Minas

Zema anuncia pagamento do 13º e salário de servidores de Minas

Governador fez o anúncio durante entrevista coletiva concedida no início da tarde desta quarta-feira

Por João Henrique do Vale e Lucas Rage - Cidades20/05/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Governo de Minas Gerais anunciou, no início da tarde desta quarta-feira, o pagamento do 13º salário de 17% dos servidores, que ainda não tinham recebido o benefício. O valor será depositado ainda hoje. Além disso, o governador Romeu Zema confirmou a escala de pagamento dos salários.

Segundo Zema, os pagamentos serão possíveis graças a uma decisão judicial que permitiu o depósito de parte da indenização da Vale em razão da tragédia de Brumadinho. "Desta forma, estamos pagando hoje (quarta-feira) o remanescente do 13º salário que não tinha sido pago. Já tinham recebido 83% dos sevidores, e 17% ficou faltando", afirmou.

O governador também anunciou a escala de pagamento em maio. "Lembro ainda, que vamos estar pagar, também atrasados, os salários que deveriam ter sido pagos aos servidores do executivo. A primeira parcela será em 22 de maio, na sexta-feria, data em que será creditado R$ 2 mil para todos os servidores, e a segunda parcela 27 de maio, o restante", disse. 

Outro anúncio foi o abono fardamento, benefício dado aos agentes das forças de segurança. 

Perda de arrecadação

O Governador de Minas Gerais se mostrou preocupado com o próximo mês. "O mês de junho é um mês que realmente nos preocupa. Lembrando que maio teve esse R$ 1 milhão que entrou na conta ontem (terça-feira), um recurso extraordinário. Se não fosse ele, não teríamos recursos para pagar as despesas ordinárias", afirmou.

Zema ainda falou sobre a ajuda do Governo Federal aos Estados e municípios. Segundo ele, o valor a ser repassado a Minas alivia a situação, mas é insuficiente. "Teremos uma reunião amanhã (quinta-feira) com o Governo Federal, com o presidente da república. O governo vai ajudar estados e municípios, mas esta ajuda está longe. Minas terá R$ 750 milhões por mês, aprovado no congresso e precisa de aprovação do executivo. Chegou em boa hora, mas é insuficiente para a queda de arrecadação que estamos prevendo no mês de junho", disse.

Outra encontro do governador será com os chefes de todos os poderes para tratar da situação financeira do estado. "Nós vamos mostrar aos chefes dos demais poderes a situação do estado, e queremos escutar dos mesmos propostas alternativas que podemos fazer, qual será a cota de sacrifício de cada um", disse Zema. Segundo ele, "o sacrifício tem ficado no Executivo e nas categorias que menos ganham, principalmente a Educação".

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.