98 Live - Logo
  1. News
  2. Economia
  3. "O comércio está fazendo a sua parte"; presidente da CDL avalia combate à Covid-19

"O comércio está fazendo a sua parte"; presidente da CDL avalia combate à Covid-19

Marcelo de Souza e Silva avaliou como positiva a adesão do comercio nas atitudes de enfrentamento ao novo coronavírus em BH

Por Da Redação - Economia11/06/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva, afirmou nesta quinta-feira (11), que o comércio está cumprindo a sua parte no combate à propagação do Coronavírus. Segundo ele, os estabelecimentos que voltaram a funcionar de portas abertas desde o dia 25 do mês passado estão cumprindo todos os protocolos necessários para a prevenção da doença.

“Pessoalmente tenho andado por toda a cidade. O que temos visto é o comércio cumprindo os protocolos, disponibilizando álcool em gel para os clientes, monitorando o número de pessoas dentro das lojas e todo mundo usando a máscara: trabalhadores e clientes. É claro que há exceções, mas posso garantir que mais uma vez estamos fazendo a nossa parte”, afirmou Silva.

Outro aspecto importante que o presidente da CDL/BH revelou foi a não incidência de casos de Coronavírus naqueles estabelecimentos considerados essenciais que foram autorizados a continuar funcionando desde o início da pandemia. “Fizemos uma pesquisa com uma grande rede de drogarias e três grandes redes no segmento de supermercados. Juntos, eles têm aproximadamente 25 mil funcionários e felizmente, até o momento, não houve nenhum caso de Coronavírus”, ressaltou.

A CDL/BH está promovendo uma grande campanha educativa na cidade focando em dois eixos principais: o uso da máscara e o alerta para evitar aglomerações. A entidade afixou mil faixas nos principais corredores comerciais da cidade com esta mensagem. A campanha também está sendo feita por meio das redes sociais da entidade. Segundo Souza e Silva, “estamos mostrando que os setores de comércio e serviços são importantes não somente para a economia da cidade, mas também estamos trabalhando na preservação de vidas”.