98 Live - Logo
  1. News
  2. Economia
  3. Salões e barbearias vão integrar primeira onda de reabertura do comércio de BH

Salões e barbearias vão integrar primeira onda de reabertura do comércio de BH

Medida dividia opiniões no comitê que estuda retomada, e pode beneficiar mais de 25 mil empresários

Por Lucas Rage - Economia22/05/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

(@bigjohnbarbershop / Instagram / Divulgação)

Salões, barbearias e cabeleireiros de Belo Horizonte vão integrar a primeira onda de reabertura do comércio da capital.

A medida dividia opiniões no comitê que estuda a retomada da economia em BH, e foi confirmada à Rádio 98  por um integrante do comitê.

A previsão é de que a liberação de salões e barbearias beneficie 1,6 mil CNPJs e 25 mil microempresários individuais (MEIs)

No dia 11 de maio, o presidente Jair Bolsonaro incluiu salões e barbearias na categoria de serviços essenciais. O decreto, entretanto, não foi seguido pelo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil.

Prevista para acontecer na próxima segunda-feira (25), a reabertura do comércio em BH deve ser anunciada pelo prefeito em coletiva à imprensa, prevista para acontecer na tarde desta sexta-feira (22)

A proposta é que a retomada de empresas aconteça em três etapas, conforme especificações e critérios sanitários de cada estabelecimento.