98 Live - Logo
  1. News
  2. Educação
  3. Professores de BH são convocados para o teletrabalho

Professores de BH são convocados para o teletrabalho

Os educadores irão realizar a elaboração de estudos, revisão do planejamento pedagógico inicial e construção coletiva de novas estratégias de ensino

Por João Henrique do Vale - Educação16/06/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Professores da rede municipal de ensino de Belo Horizonte foram convocados para o regime de teletrabalho. Eles irão realizar a partir de amanhã a elaboração de estudos, revisão do planejamento pedagógico inicial e construção coletiva de novas estratégias de ensino. 

A portaria foi publicada nesta terça-feira pela Secretaria Municipal de Educação. Segundo o documento, os professores deverão elaborar, coletivamente, projeto pedagógico que considere a nova realidade presente nas interações sociais provocadas pela pandemia.

Entre elas, as exigências sanitárias, regras de afastamento social, uso de equipamentos de proteção individual ao contágio, em caso de retorno presencial, dentre outros aspectos. Além disso, os reflexos na necessidade de se estabelecerem novas práticas pedagógicas nas salas de aula e na escola, novos vínculos de sentido e significado com os conteúdos curriculares e, consequentemente, uma mudança radical de hábitos e rotinas escolares. 

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Educação afirmou que o retorno ao trabalho dos professores será importante para debater as estratégias. "Cada professor , por meio de suas redes sociais, plataformas ou outros meios tecnológicos, irá gerar conteúdos sobre o Covid-19 e preparar os alunos e seus familiares para o novo contexto escola", afirmou a pasta.

"Será um momento de avaliar o que foi feito em termos de garantia do acesso, do acolhimento, da inclusão e do engajamento das crianças e suas famílias, no retorno às atividades escolares. Nos últimos três meses estivemos focados na construção de uma metodologia que garanta verdadeira aquisição de conteúdos essenciais para que os alunos possam fazer transições necessárias entre este ano e o próximo", completou a Secretaria de Educação.

Nas primeiras semanas, será apresentados modelos pilotos e também terá discussões virtuais sobre como as técnicas poderão ser aplicadas. "A partir de então, cada professor escolherá as melhores maneiras de estabelecer uma nova rotina educacional com seus alunos. Para isso, as turmas serão divididas em agrupamentos menores de modo que o professor tenha condições de orientar os estudos de seu grupo de maneira muito próxima das famílias e alunos", disse a pasta.

Sobre o calendário escolar, a Secretaria Municipal de Educação afirmou que ainda não é o momento de pensar na conversão de atividades remotas em eventuais dias letivos.