98 Live - Logo
  1. News
  2. Educação
  3. Professores municipais decretam greve e não voltam para aulas presenciais em BH

Professores municipais decretam greve e não voltam para aulas presenciais em BH

Profissionais da educação não irão retornar às aulas presenciais na próxima segunda-feira (26), mas manterão o teletrabalho

Por Fernando Motta - Educação20/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Professores da rede municipal de ensino decidiram por decretar greve sanitária em assembleia realizada na tarde desta terça-feira (20) em Belo Horizonte. De acordo com a presidente do Sindi-Rede, Vanessa Portugal, os profissionais da educação não irão retornar às aulas presenciais na próxima segunda-feira (26), mas manterão o teletrabalho.

"É uma greve em defesa da vida. A gente mantém o atendimento aos estudantes de forma remota, o teletrabalho, mas não voltamos presencialmente às escolas", disse Vanessa.

Segundo ela, o momento da pandemia ainda é grave e não há previsão de vacinação para os professores.

"Não existem condições seguras para que isso se dê nesse momento, não só porque não existe a vacinação dos trabalhadores da educação, mas porque a pandemia permanece num momento de descontrole e nós não podemos colocar em risco a vida de nossas crianças e dos trabalhadores da educação", alega.

Uma nova assembleia está marcada para as 9h de quinta-feira (22), para ratificar a greve e definir os moldes que serão seguidos.

Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte diz respeitar a posição da entidade sindical, entretanto a decisão de adesão é de cada servidor. A administração municipal disse que irá aguardar a segunda-feira (26) para conhecer a decisão de cada professor ao ser convocado para a escola e lá conhecer todos os protocolos de segurança implantados.