Carregando...

Educação

Protocolo para retorno às aulas em MG terá possibilidade de rodízio entre turmas

Presidente do Conselho Estadual de Educação, professor Hélvio de Avelar Teixeira disse que a ideia é que haja um distanciamento entre as carteiras e que cada escola avalie a capacidade das salas para saber quantos alunos podem estar presentes simultaneamente

Por Da redação

As aulas presenciais nas escolas estaduais de Minas Gerais estão próximas de retornar. O Governador Romeu Zema acredita que já há condições de retorno às atividades nas instituições, esvaziadas desde março deste ano devido à pandemia do novo coronavírus. A declaração foi dada em entrevista à Rádio CBN.

Zema se disse a favor da volta e afirmou que o Estado já tem “condições de retornar, porque o número de casos e óbitos têm caído de forma consistente, e hoje temos um ‘colchão’ de segurança na rede hospitalar.” O governador também disse que “não podemos mais continuar prejudicando alunos, pais, que têm tido trabalho grande (...)”.

O governador afirmou que os protocolos, que já foram publicados pelo Conselho Estadual de Educação, serão anunciados ainda nesta semana. Zema ressaltou que qualquer tomada de decisão sobre a retomada das aulas presenciais cabe aos prefeitos.

O presidente do Conselho Estadual de Educação, professor Hélvio de Avelar Teixeira, conversou com o Central 98 na manhã desta quarta-feira (23) e disse que haverá possibilidade de rodízio entre turmas. A ideia é que haja um distanciamento entre as carteiras e cada escola avalie a capacidade de cada sala para saber quantos alunos podem estar presentes simultaneamente.

Além disso, os protocolos incluem:

Ventilação natural

Tapetes sanitizantes

Álcool em gel

Aferição de temperatura

Materiais individuais

Limpeza a ser realizada em turnos

Confira a entrevista completa:



Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais