98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Adriano Aro e Romeu Zema se reúnem e futebol em MG segue sem data para retornar

Adriano Aro e Romeu Zema se reúnem e futebol em MG segue sem data para retornar

Presidente da Federação Mineira de Futebol e governador do estado se reuniram na Cidade Administrativa

Por Vinícius Silveira - Esporte30/04/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: FMF

Nesta quinta-feira, Adriano Aro, presidente da Federação Mineira de Futebol e Romeu Zema, governador de Minas Gerais estiveram reunidos na Cidade Administrativa para alinhar questões referentes a paralisação do futebol no estado por causa da pandemia do novo coronavírus. A bola está parada no Campeonato Mineiro dos Módulos I e II desde a metade do mês de março e, de acordo com Aro, não existe uma data precisa para a volta do Estadual.

Adriano Aro concedeu entrevista ao programa Arena 98, e entre assuntos levantados, anunciou a criação de um protocolo de segurança, em conjunto com o governo do estado e a secretaria de saúde para o retorno dos jogos de futebol em Minas Gerais

"O que nós fizemos hoje na reunião foi dar continuidade a um trabalho que já havia sido iniciado há alguns dias, que é a criação de um protocolo de segurança para o retorno dos jogos em Minas Gerais. Claro que não depende apenas deste protocolo. Ele é um dos componentes. E o que foi feito é que nós já vínhamos conversando com a secretaria de saúde do estado, mas gostaríamos de ter uma posição direta do governador Romeu Zema.

"Foi muito bom, expusemos o que vinha sendo feito, o que estamos fazendo e definimos os próximos passos. O que ficou decidido é que este protocolo embrionário será submetido aos clubes para que eles possam opinar, com a formação de uma comissão médica com o departamento médico de cada uma das equipes, com reuniões entre o médico da federação e dos clubes para que possa seja chancelado um documento final. Este documento sofrerá alterações da secretaria de saúde e o trabalho final será passado ao COES, que é o comitê que foi criado para cuidar da pandemia no estado de Minas Gerais. O COES irá dizer se o protocolo está ok ou não, mas ainda não será a palavra final sobre o retorno".

"O retorno depende de que tenhamos um cenário em Minas Gerais mais tranquilo e sem riscos para o nosso sistema de saúde. E o que foi adiantado pelo governo é que eles estão prevendo o pico da pandemia para o início de junho. A menos que haja uma mudança importante no atual cenário, antes da primeira semana de junho não teremos futebol aqui em Minas", disse Adriano Aro ao programa Arena 98.

Adriano Aro ainda comentou sobre a reunião que aconteceu entre Rogério Caboclo, presidente da CBF e os presidentes das 27 federações estaduais na última terça-feira, dia 28.

"Foi muito debatido este assunto. A verdade é que até esta data, poucos estados tem condições de voltar com o futebol. Mas, a CBF disse que a retomada em cada estado vai ser uma independência de cada um dos presidentes. Isto foi muito frisado e ela entende que a partir do dia 17 de maio é possível, uma vez que a CBF desenvolveu o próprio protocolo. Ela acredita que é possível, mas saber se pode ou não retomar em cada um dos estados é uma análise de cada presidente de acordo com sua a realidade. Há estados que isto é completamente impossível e existe uma ciência disso. Mas torcem para que cada estado consiga o mais rápido possível retomar o futebol", declarou Adriano Aro.

Confira a entrevista completa do presidente da Federação Mineira de Futebol, Adriano Aro ao programa Arena 98