98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. América empata com a Chapecoense e reclama de erro da arbitragem

América empata com a Chapecoense e reclama de erro da arbitragem

O auxiliar Anderson José de Morais Coelho anulou o gol marcado por Ademir, mas o camisa 10 do América estava em condição legal.

Por Vinícius Silveira - Esporte20/12/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Valendo a liderança da Série B, América e Chapecoense empataram em 2 a 2, no Independência, valendo pela 30ª rodada da competição. Os gols do Coelho foram anotados por Felipe Azevedo e Anderson. A Chape balançou as redes com Aylon e Bruno Silva.

Com o resultado, os dois times ficaram na tabela como começaram a rodada. A Chapecoense segue na liderança, agora com 59 pontos, e o América é o vice-líder, com 57.

Agora, o América vira a chave e passa a focar na semifinal da Copa do Brasil contra o Palmeiras. O Coelho entrará em campo na quarta-feira (23), às 21h30, no Allianz Parque, valendo pelo primeiro jogo da fase. Pela Série B, o time americano só voltará a jogar no sábado (26), contra o CRB, no Independência.

PRIMEIRO TEMPO EQUILIBRADO

Nos primeiros minutos, o América tentou se impor na partida, com troca de passes rápidos e muita movimentação. Sem a bola, o Coelho fez uma marcação avançada, impedindo que a Chapecoense respondesse nos contra-ataques.

No entanto, a postura do América beneficiou a Chapecoense. Pacientemente, a Chape ficou com a posse de bola e esfriou a pressão inicial do Coelho até conseguir equilibrar o jogo e sair a frente no marcador.

Aos 39 minutos, Denner achou Alan Ruschel pela esquerda. O lateral cruzou rasteiro para Aylon finalizar para as redes de Matheus Cavichioli. O gol da Chape fez com que o América voltasse a ser mais ofensivo e criasse boas chances, com Felipe Azevedo e Juninho, mas ambos pararam nas luvas do ex-goleiro americano João Ricardo.

SEGUNDO TEMPO MUITO MOVIMENTADO E COM ERRO DE ARBITRAGEM

Na etapa final, o América voltou como começou o primeiro tempo, com ataques rápidos e procurando as finalizações. O lado direito de ataque do Coelho era o mais acionado. Aos oito minutos veio o empate americano. Felipe Azevedo arrematou, e a bola desviou no meio do caminho antes de entrar.

No decorrer do segundo tempo, o América pressionou bastante, teve mais posse de bola, e até chance de virar com Rodolfo, mas a virada não veio.

A Chapecoense aguardava a hora do contra-ataque e ele aconteceu aos 29 minutos. Bruno Silva teve liberdade na esquerda, entrou na área, limpou a marcação de Messias e bateu no contrapé de Matheus Cavichioli.

Perdido por um, perdido por mil, o América foi todo a frente, teve várias oportunidades de gol, mas faltava pontaria. No entanto, aos 43 minutos, veio o empate. Alê bateu o escanteio, Felipe Augusto desviou na primeira trave e o zagueiro Anderson completou para as redes.

Mesmo com o empate, o América foi a luta pela vitória e chegou a marcar o terceiro gol com Ademir, mas o lance foi erradamente anulado pelo auxiliar Anderson José de Moraes Coelho. O camisa 10 do Coelho estava em condição legal quando aproveitou o passe de Léo Passos.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.