98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. América vence o Cruzeiro e garante vaga na final do Campeonato Mineiro

América vence o Cruzeiro e garante vaga na final do Campeonato Mineiro

Os dois jogos da final do Campeonato Mineiro será nos dois próximos finais de semana, com o primeiro jogo acontecendo no Independência, e a partida decisiva sendo realizada no Mineirão.

Por Vinícius Silveira - Esporte09/05/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O América está na final do Campeonato Mineiro. O time americano novamente venceu o Cruzeiro, por 3 a 1, no Independência, e fará a decisão mineira com o Atlético. Rodolfo, duas vezes, e Ramon, fizeram os gols do Coelho. Matheus Barbosa anotou para os cruzeirenses.

Os dois jogos da final do Campeonato Mineiro será nos dois próximos finais de semana, com o primeiro jogo acontecendo no Independência, e a partida decisiva sendo realizada no Mineirão.

Com a eliminação, o Cruzeiro só voltará a jogar nos dias 28 ou 29 de maio, quando o time celeste estreará na Série B do Campeonato Brasileiro, contra o Confiança, em Sergipe.

AMÉRICA APRESENTA QUALIDADE E ABRE O PLACAR NO FINAL DO PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, o América entrou em campo adiantando a marcação para impedir a saída de jogo do Cruzeiro, e buscando as finalizações ao gol do goleiro Fábio. Por sua vez, o time celeste apostava na construção de jogadas, mas não conseguia sucesso nas investidas.

As primeiras chances de maior perigo foram com o América, nas finalizações de Felipe Azevedo, e Juninho, que mandou a bola na trave em um cabeceio. O Cruzeiro conseguiu se aproximar do gol em rebotes dados pela defesa americana. Cáceres e Bruno José, sendo o último exigindo grande defesa de Matheus Cavichioli.

O Cruzeiro melhorou nos minutos finais, com o apoio maior dos laterais aos atacantes, mas aos 45 minutos, o árbitro marcou pênalti de Bruno José no zagueiro Eduardo Bauermann. Na cobrança, Rodolfo chutou forte no meio do gol, e Fábio caiu para o canto esquerdo.

CRUZEIRO MELHORA, MAS COELHO CONFIRMA A CLASSIFICAÇÃO

Na etapa final, o Cruzeiro apresentou mais consistência no ataque, principalmente, com o recuo de Rafael Sóbis para o meio-campo e a entrada de Guilherme Bissoli, que fez a estreia no time. Airton e Cáceres finalizaram, mas pararam nas luvas de Matheus Cavichioli.

O América só finalizou com perigo quando se aproveitava de erros defensivos do zagueiro Weverton. Felipe Azevedo e Bruno Nazário não aproveitaram as chances.

A boa atuação do Cruzeiro foi premiada com o gol de empate. Matheus Pereira fez cruzamento da esquerda, e Matheus Barbosa apareceu para cabecear a empatar o jogo. O empate celeste fez o América acordar para o jogo e ser mais efetivo.

Aos 21 minutos, Alê perdeu uma ótima chance, na pequena área, mas mandou a bola na trave. Cinco minutos depois, o árbitro Felipe Fernandes de Lima, com ajuda do árbitro de vídeo, deu toque de bola no braço do zagueiro Ramon. Rodolfo novamente aproveitou a cobrança e deslocou Fábio para o canto direito. A bola entrou do lado esquerdo.

Após o gol, o América retomou o controle da partida, criou novas oportunidades, com João Paulo e Juninho, mas sem conseguir ampliar o placar. O Cruzeiro tentava atacar, porém, não concluía as jogadas na direção do gol.

O contra-ataque estava a serviço do América, e ele aconteceu no último lance do jogo. Após a bola lançada no ataque, Ademir dominou e serviu a Ramon, que apareceu livre, e tocou lado direito do goleiro Fábio, fechando a classificação para a final do Campeonato Mineiro.