98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Arbitragem de fora para a final do Campeonato Mineiro? Rodrigo Caetano responde:

Arbitragem de fora para a final do Campeonato Mineiro? Rodrigo Caetano responde:

O diretor de futebol do Atlético mostrou total descontentamento com a arbitragem de ontem, mas ressaltou confiança na liderança da FMF.

Por Thais Santos - Esporte17/05/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Pedro Souza/Atlético

O diretor de futebol do Atlético, Rodrigo Caetano, falou hoje no programa 98 Futebol Clube, da Rádio 98, sobre as reclamações que o Atlético fez com relação a arbitragem do primeiro duelo da final do Campeonato Mineiro, entre América e Atlético. O árbitro Wanderson Alves de Souza, apitou o final do jogo quando a equipe alvinegra tinha uma falta ofensiva para cobrar e restavam ainda mais 30 segundos para zerar o tempo de acréscimo aplicado pelo juiz da partida.

Após o fim do clássico, a arbitragem foi cercada por membros da diretoria e da comissão técnica do Atlético. Wanderson relatou na súmula do jogo que os dirigentes alvinegros disseram: “Você nunca mais apita jogo do Atlético”. E que o presidente Sérgio Coelho teria dito que o árbitro estava com a camisa do América por baixo do uniforme. O dirigente Rodrigo Caetano manifestou seu descontentamento com a forma com que a arbitragem conduziu o jogo na tarde de ontem:


“Da parte do Galo, o descontentamento com a arbitragem é nítido, a gente não tá dizendo aqui jamais que não vencemos o jogo por conta do árbitro, são duas coisas totalmente distintas. Só que a gente entende que no momento em que ficamos com um homem a menos, ele mudou o critério da arbitragem de forma muito evidente, porque quando estávamos 11 contra 11, não viu-se nele o desejo de acelerar a partida como aconteceu depois. Todos os nossos jogadores foram amarelados, o América não teve nenhum jogador com cartão amarelo, a expulsão ela foi justa, nós não estamos aqui falando em lances capitais no jogo, mas a forma, o rigor, e no último lance no qual ainda tinha tempo para nós tentarmos alguma bola, colocar nossa equipe dentro da área para tentar o último lance do jogo, ele encerrou a partida.”


Rodrigo também ressaltou que as críticas se restringiam a atuação do árbitro Wanderson Alves de Souza na partida de ontem e reforçou a confiança no quadro de árbitros da Federação Mineira de Futebol, ao ser questionado sobre uma possível solicitação de arbitragem de fora por parte do Galo para o jogo da volta:


“Muito pouco provável. A gente acredita em toda lisura e principalmente em quem lidera a comissão de arbitragem . A nossa restrição, as nossas críticas são restritas ao árbitro de ontem e também ao quarto árbitro que fez opções, inclusive fora das quatro linhas, em lances que até teve que inverter uma lateral. Então, nós vamos manifestar o nosso descontentamento diretamente pra quem é de direito. Mas a princípio nenhum tipo de interferência, no que diz respeito a buscar um árbitro de fora que não seja da Federação Mineira, que entendemos que é bastante qualificada e muito bem liderada.”