98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Ataque regula, Atlético vence o Botafogo e segue na ponta

Ataque regula, Atlético vence o Botafogo e segue na ponta

O Atlético derrotou o Botafogo por 2x1, no Mineirão, e segue na liderança do Campeonato Brasileiro. Savarino e Eduardo Sasha marcaram os gols do Galo.

Por Guilherme Souza - Esporte25/11/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Pedro Souza/Atlético

Atlético e Botafogo mediram forças na noite desta quarta-feira (25), no Mineirão, em partida válida pela vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro Série A.

Com gols de Savarino e Eduardo Sasha, o Atlético derrotou o Botafogo, no Mineirão, por 2x1. Marcelo Benevenuto descontou para os cariocas.

Com o resultado, o Atlético chegou a 42 pontos, abrindo vantagem na ponta da tabela, contudo, os adversários ainda jogarão na rodada.

A próxima partida do Atlético será no dia 6 de dezembro, domingo, às 19h15, diante do Internacional, no Mineirão. O Botafogo, por sua vez, jogará no dia 5 de dezembro, às 17, contra o Flamengo, no Engenhão, no Rio de Janeiro.


PRIMEIRO TEMPO COM INÍCIO QUENTE

Jogando em casa, o Atlético buscou iniciar a partida da forma que o consagrou na maioria dos jogos até aqui. Com dois jogadores agudos, Keno e Savarino, o primeiro pela esquerda e o segundo pela direita, o alvinegro imprimiu um ritmo forte e alugou o campo adversário.

Cada vez mais, o time apostava em jogadas aéreas, mas esbarrava na defesa botafoguense, que afastava, impedindo as finalizações.

Aos dezesseis minutos, a pressão inicial foi premiada e Savarino conseguiu abrir o marcador. Keno recebeu pelo lado direito e cruzou na medida para o venezuelano, que teve o trabalho de apenas cumprimentar as redes cariocas.

Após o gol, o Botafogo tentava sair e depositava suas esperanças em jogadas pelas beiradas, aproveitando que o Atlético estava sem seus laterais de origem.

O Atlético dava o troco, tentando descer em velocidade, mas sem assustar o goleiro Diego Cavalieri.

Se ficou difícil com a bola rolando, Hyoran tentou pelo escanteio. O meia cobrou fechado e quase marcou um gol olímpico. Foi só na primeira etapa!


SEGUNDO TEMPO

O Atlético começou o segundo tempo fulminante. Logo aos quatro minutos, após belo cruzamento de Savarino pela direita, Eduardo Sasha cabeceou firme no ângulo para ampliar.

No entanto, o time não se abateu e a reação botafoguense não demorou a acontecer. Três minutos depois, após cobrança de escanteio de Marcinho, o zagueiro Marcelo Benevenuto subiu mais que todo mundo para diminuir.

O técnico Emiliano Diaz depositava todas as suas fichas em jogadas com Warley, com passes pelo meio-campo.

Apesar de conseguir voltar para o jogo rapidamente, o Botafogo não conseguia ser efetivo no ataque e a partida continuava tranquila para o Galo.

Aos trinta e um, o Atlético desperdiçou a chance do terceiro gol, em cobrança de pênalti de Keno, que foi defendida por Diego Cavalieri.  

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.