98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Atlético acerta pendências financeiras referentes a Chará, Bremer e Patric

Atlético acerta pendências financeiras referentes a Chará, Bremer e Patric

As dívidas estavam registradas na FIFA e na CNRD, referentes à compra do atacante Yimmi Chará, a venda do zagueiro Bremer para o Torino-ITA, ambos em 2018, e a quebra de contrato do lateral-direito Patric com o Osmanlispor, da Turquia.

Por Vinícius Silveira - Esporte28/05/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Bruno Cantini/Atlético

O Atlético acertou mais três pendências financeiras do clube. As dívidas estavam registradas na FIFA e na CNRD, referentes à compra do atacante Yimmi Chará, a venda do zagueiro Bremer para o Torino-ITA, ambos em 2018, e a quebra de contrato do lateral-direito Patric com o Osmanlispor, da Turquia.

Sobre o atacante Chará, de acordo com o Atlético, o clube pagou 32 de milhões de reais na FIFA referente à aquisição do jogador, que pertencia ao Junior de Barranquilla-COL. O acordo foi feito durante a viagem do clube para a Barranquilla, quando o Galo faria o jogo contra o América de Cali, pela Libertadores. O presidente Sérgio Coelho, o diretor de futebol Rodrigo Caetano e outros dois membros da delegação, estiveram reunidos com Fuad Char, presidente de honra do Junior, e realizaram o acordo.

Vale lembrar que o Atlético já tinha pago quase oito milhões de reais na FIFA, pelo percentual da venda de Chará ao Portland Timbers-EUA, e que o Junior de Barranquilla tinha direito.

No caso do zagueiro Bremer, o Atlético informou que pagou a primeira parcela de três que deveria pagar ao Desportivo Brasil, no valor de 2,5 milhões de reais, referente ao percentual que o clube paulista tem no valor da venda do defensor ao Torino, da Itália, em 2018.

Por fim, a situação envolvendo o lateral-direito Patric, hoje no Sport Recife, o Atlético declarou que pagou a última parcela do acordo feito na FIFA, com o Osmanlispor, da Turquia, pela quebra de contrato do jogador com o clube turco. O Galo pagou 946 mil reais, totalizando R$ 3,4 milhões.