98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Atlético derrota o São Paulo no Mineirão e entra no G-4

Atlético derrota o São Paulo no Mineirão e entra no G-4

Os gols do Atlético foram marcados por Alan Franco, duas vezes no primeiro tempo, e Jair, na etapa final.

Por Vinícius Silveira - Esporte03/09/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Com boa atuação, o Atlético venceu o São Paulo por 3 a 0, no Mineirão, valendo pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O destaque ficou por conta do meio-campo Alan Franco, que marcou dois gols. O terceiro foi de Jair, na etapa final.

Com o resultado, o Atlético retorna ao G-4 e termina a rodada na terceira posição com 12 pontos e um jogo a menos que Internacional e São Paulo, primeiro e segundo colocados na tabela.

Na próxima rodada, o Atlético vai até o Couto Pereira visitar o Coritiba, domingo (6), às 20h30. O São Paulo receberá o Fluminense, no mesmo dia, porém, às 16 horas.

SÃO PAULO COMEÇA BEM, MAS ATLÉTICO TERMINA MELHOR

No primeiro tempo, o São Paulo apresentou mais intensidade que o Atlético. O tricolor fez uma marcação mais efetiva e na maioria do tempo tinha o controle da bola. O domínio resultou em chances claras de gol para o time paulista.

A primeira chance do São Paulo fez o goleiro Rafael trabalhar muito. Após o chute de Tchê Tchê, a bola estourou no travessão. Na sobra, Luciano finalizou no mesmo lugar. Em seguida, Pablo cabeceou para fora.

Logo depois, Paulinho Bóia chutou de fora da área e a bola foi no travessão outra vez. O gol do São Paulo estava próximo e ele aconteceu aos 30 minutos. Luciano recebeu cruzamento e finalizou para as redes. Mas ao consultar o VAR, o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima invalidou o gol.

O susto sofrido com o gol anulado do São Paulo fez o Atlético acordar. O Galo passou a jogar melhor, marcar com mais precisão e ter a bola com consciência. Não demorou e o alvinegro fez o primeiro gol.

Aos 34 minutos, Hyoran desarmou Tchê Tchê e passou a Alan Franco, que dominou na frente e tocou na saída de Tiago Volpi. Com o gol, o Atlético passou a ser soberano na partida e o São Paulo não repetiu as atuações dos primeiros minutos do jogo.

Aos 43 minutos, veio o segundo gol do Atlético. Rafael lançou no ataque. Eduardo Sasha ganhou a bola pelo alto e deixou para Hyoran, que tocou de primeira para Alan Franco finalizar para as redes de Tiago Volpi.

GALO FAZ O TERCEIRO GOL E ADMINISTRA O RESULTADO

No segundo tempo, o Atlético foi soberano em campo. Criando oportunidades de gol e marcando com precisão o time do São Paulo.

Por sua vez, o São Paulo voltou pior do que terminou o primeiro tempo. Não conseguiu incomodar a defesa do Atlético e aceitou facilmente as investidas do Galo.

Aos 13 minutos, após escanteio batido por Guilherme Arana, Junior Alonso cabeceou a bola na segunda trave e Jair apareceu livre, na pequena área, para fazer o terceiro gol do Atlético.

O técnico Fernando Diniz fez mudanças no São Paulo, mas não melhorou em campo. Teve apenas uma chance de real perigo que começou com uma falha de Rafael. O goleiro atleticano soltou a bola no escanteio batido por Igor Gomes. Na sobra, o ataque tricolor finalizou em cima de Rafael.

Até o final do jogo, o São Paulo investiu em bolas alçadas na grande área, mas a defesa atleticana levou a melhor em todos os lances. O Atlético seguiu atacando, mas também não exigiu grandes defesas do goleiro Tiago Volpi.