98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Atlético e ex-volante Adilson selam acordo e ação na Justiça é encerrada

Atlético e ex-volante Adilson selam acordo e ação na Justiça é encerrada

O acordo foi selado em uma reunião ocorrida na tarde desta sexta-feira (21), na sede do Atlético. A cobrança de R$ 4,1 milhões teve uma redução de 50%, e agora a direção atleticana pagará R$ 2 milhões parcelados em 36 vezes

Por Vinícius Silveira - Esporte21/05/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Reprodução/TV Galo

O Atlético acertou mais uma pendência financeira. O clube e o ex-volante Adilson chegaram a um acordo e colocaram fim a ação na Justiça movida pelo ex-jogador. De acordo com informações publicadas no site oficial alvinegro, a cobrança de R$ 4,1 milhões teve uma redução de 50%, e agora a direção atleticana pagará R$ 2 milhões parcelados em 36 vezes. 

O acordo foi selado em uma reunião ocorrida na tarde desta sexta-feira (21), na sede do Atlético, em que estiveram presentes o presidente Sérgio Coelho, o diretor jurídico Luiz Fernando Pimenta Ribeiro, o ex-volante Adilson e seu procurador, além dos assessores da presidência, Pedro Tavares e Márcio André.

Adilson foi contratado pelo Atlético em 2017, e chegou a renovar contrato com o clube até o final de 2020. Contudo, em 2019, o então volante do Galo descobriu uma cardiomiopatia hipertrófica, problema cardíaco que forçou o jogador a encerrar a carreira aos 32 anos. 

Terminada a carreira, Adilson seguiu no clube, mas com a função de auxiliar técnico. Porém, com a chegada do treinador venezuelano Rafael Dudamel, o ex-volante foi dispensado, e em seguida, entrou na Justiça contra o Galo.

Adilson cobrou na Justiça mais de R$ 11 milhões em ações, que foram parcialmente acatadas, chegando ao valor de R$ 4,1 milhões, e acordado nesta sexta-feira entre as partes.