98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Atlético vence o Fortaleza e chega a vice-liderança do Brasileirão

Atlético vence o Fortaleza e chega a vice-liderança do Brasileirão

Com o resultado, o Atlético chegou aos 60 pontos e alcançou a vice-liderança do Brasileirão.

Por Vinícius Silveira - Esporte31/01/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Atlético venceu o Fortaleza, por 2 a 0, no Mineirão e se aproximou do Internacional, líder na tabela. Os gols do Galo foram anotados no segundo tempo, com Guilherme Arana e Vargas, cobrando pênalti.

Com o resultado, o Atlético chegou aos 60 pontos e alcançou a vice-liderança do Brasileirão. O Fortaleza segue na zona de rebaixamento, com 35 pontos.

Na próxima rodada, o Atlético vai a Goiânia enfrentar o Goiás, quarta-feira (3), às 21h30.

DOMÍNIO DO GALO, PORÉM, SEM GOLS

No primeiro jogo, o jogo foi de um time apenas. O Atlético teve ampla posse de bola, com números que superavam os 70% de controle do tempo, muitas trocas de passe e inversão de jogo. No entanto, o Galo só conseguiu criar duas ótimas chances de gol.

A primeira foi com Hyoran, que recebeu de Savarino na área, e na hora da finalização, arrematou para fora. Minutos, novamente o camisa 70 armou o jogo pela direita, cruzou na cabeça de Eduardo Sasha, que escorou a bola e o goleiro Felipe Alves fez ótima defesa.

Defensivamente, o Fortaleza foi praticamente perfeito. Duas linhas de marcação muito próximas e pouco espaço ao ataque alvinegro. Porém, na parte ofensiva, o Leão do Pici só tinha o contra-ataque a seu serviço, mas sem aproveitar os espaços.

ATLÉTICO ENCONTRA ESPAÇOS E GARANTE A VITÓRIA

Na etapa final, o jogo foi o mesmo do primeiro tempo. Amplo domínio do Atlético, posse de bola, troca de passes e pouca ação ofensiva do Fortaleza.

Tanta pressão do Galo teve efeito aos 11 minutos. Hyoran lançou da direita e Guilherme Arana entrou na área batendo de primeira para gol. A bola entrou no canto esquerdo de Felipe Alves.

O gol atleticano obrigou o Fortaleza a sair para o ataque, e com isso o Atlético achou espaços para o ataque e criar chances de gol. Em uma destas oportunidades, Sasha finalizou e a bola tocou no braço do zagueiro Jackson. O árbitro Leandro Pedro Vuaden foi ao VAR e após conferir o lance, anotou a penalidade máxima. Vargas cobrou, Felipe Alves defendeu, mas o rebote voltou para o atacante chileno que finalizou para o gol vazio.

O Fortaleza teve a chance de diminuir o marcador após David sofrer penalidade máxima de Jair. Na cobrança, Osvaldo mandou na trave. Posteriormente, os dois treinadores fizeram mudanças nos times, mas o panorama da partida não foi alterado.