98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Atlético vence o Remo e garante boa vantagem para o jogo de volta

Atlético vence o Remo e garante boa vantagem para o jogo de volta

Com o resultado, o Atlético pode perder por até um gol de diferença, na partida de volta, quinta-feira (10), no Estádio Mineirão, às 19 horas.

Por Vinícius Silveira - Esporte02/06/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Pedro Souza/Atlético

O Atlético venceu o Remo, por 2 a 0, no Estádio Baenão, em Belém, valendo pela primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil. Os dois gols do Galo foram marcados na etapa inicial, com Hyoran e Nacho Fernández.

Com o resultado, o Atlético pode perder por até um gol de diferença, na partida de volta, quinta-feira (10), no Estádio Mineirão, às 19 horas. Ao Remo, só uma vitória por três gols de distância garante a classificação para as oitavas de final.

Antes da partida de volta, os dois times entrarão em campo pelo Campeonato Brasileiro. Na Série A, o Atlético encara o Sport Recife, domingo (6), às 20h30, na Ilha do Retiro. Por sua vez, o Remo recebe o Brasil de Pelotas, no Baenão, sábado (5), às 19 horas.

ATLÉTICO GARANTE O RESULTADO NO PRIMEIRO TEMPO

Com diversos desfalques devido às convocações para as seleções nacionais, o técnico Cuca mudou a equipe para o jogo, promovendo as entradas de Mariano, Dodô, Réver e Hyoran.

No primeiro tempo, o Atlético controlou as ações durante os 48 minutos inciais da partida. Atacava com qualidade, criando chances de gol, e defensivamente, marcava com precisão, sem dar oportunidades para o Remo finalizar com perigo.

A primeira chance de gol foi do Remo, porém, com bola parada. Felipe Gedoz cobrou falta com muito perigo ao gol de Everson. Logo depois, o Atlético foi soberano na partida. Não demorou muito e o Galo abriu o placar. Nacho Fernández recebeu a bola no meio, e serviu com qualidade para Hyoran, que entrou na área e bateu cruzado, no canto direito de Vinícius.

O Atlético passou a ter uma postura mais defensiva e aproveitar os contra-ataques. O Galo teve chance de gol com Hulk e Nacho Fernández, mas na reta final da partida, o alvinegro achou o segundo gol.

Aos 48 minutos, Hulk ganhou fisicamente e na velocidade da defesa do Remo, e tinha chances para finalizar, mas preferiu servir a Nacho Fernández, que chegou livre pela direita e finalizou para as redes de Vinícius.

REMO TENTA REAÇÃO, MAS ATLÉTICO ADMINISTRA O RESULTADO

Na etapa final, o Remo adiantou as linhas e passou a encarar o Atlético de igual para igual. Sem conseguir criar oportunidades, o time paraense apostou em bolas aéreas e deu trabalho ao goleiro Everson.

Aos nove minutos, Felipe Gedoz cobrou falta para a grande área, e o volante Lucas Siqueira subiu no meio da zaga atleticana, escorou de cabeça e Everson mandou a bola para escanteio.

O Atlético demonstrou dificuldades para chegar ao ataque e ter a posse de bola no setor. A marcação do Remo foi bem armada pelo técnico Paulo Bonamigo.

O Galo só incomodou aos 30 minutos. Allan dominou a bola no meio-campo, e passou para Marrony. A zaga do Remo estava aberta, o atacante do Atlético dominou, entrou na área, só que finalizou em cima do goleiro Vinícius, que fechou o gol.

Aos 35 minutos, novamente Marrony perdeu uma chance clara de gol. Jair fez o lançamento, e o atacante ganhou da zaga. Marrony levou a bola para a grande área, mas não finalizou. Vinícius se jogou aos pés do camisa 38 atleticano para salvar o Remo.

Na reta final da partida, pressão do Remo, mas sem efetividade. O Atlético segurou o resultado e a vantagem para a partida de volta no Mineirão.