98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Atlético vira no fim e rebaixa o Boa Esporte

Atlético vira no fim e rebaixa o Boa Esporte

Com a vitória, o Atlético confirmou a primeira colocação na fase classificatória do Campeonato Mineiro.

Por Guilherme Souza - Esporte18/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Mineirão


Atlético e Boa Esporte se enfrentaram na tarde deste domingo (18), no Mineirão, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Mineiro. Com gols de Eduardo Vargas e Guilherme Arana, o alvinegro levou a melhor sobre o time de Varginha, 2x1. Tiago Silva descontou para a equipe de Varginha.

Com o resultado, o Atlético chegou a 24 pontos e assegurou a primeira colocação com uma rodada de antecedência. O Boa, décimo primeiro colocado, com 5 pontos, está rebaixado ao Módulo II.  

O Galo voltará a campo na próxima quarta-feira (22), diante do Deportivo La Guaira, às 19h, em Caracas, na Venezuela, em duelo válido pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. O Boa Esporte receberá a Caldense no domingo, às 16h, no Melão, pelo Campeonato Mineiro.

 

ATUAÇÃO FRACA NO PRIMEIRO TEMPO

O Atlético fez um primeiro tempo fraco tecnicamente. O alvinegro se lançava ao ataque sem organização e batia cabeça em contra-ataques do adversário.

O Boa Esporte, por sua vez, se soltou e passou a incomodar. Aos vinte minutos, Tiaguinho penetrou entre a defesa atleticana e acertou a trave. No rebote, a bola bateu nas costas de Everson e sobrou para Tiago Silva, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

O time atleticano buscava o empate contando com a individualidade de Nacho. Aos vinte e seis, o meia cobrou falta e Carlos Miguel fez uma defesaça. Dois minutos depois, Arana cruzou e Eduardo Vargas marcou de bicicleta. No entanto, a arbitragem marcou impedimento do chileno.

Aos vinte e nove, novamente pelo lado esquerdo, o Atlético conseguiu balançar as redes. Arana deixou, Alonso desviou e Vargas apareceu para completar para o fundo das redes.

Vargas ainda teve a chance da virada antes do fim da primeira etapa. O atacante acertou um chute seco da entrada da grande área e Carlos Miguel fez uma defesaça.

 

TIME MEXIDO NO SEGUNDO TEMPO

 O técnico Cuca sacou Junior Alonso e Guga para as entradas de Mariano e Savinho. O garoto foi para o jogo com muita personalidade. Com jogadas incisivas, de penetração na defesa, foi um dos destaques da segunda etapa.

Logo aos quatro minutos, Arana acertou o cruzamento e Savinho desviou pela linha de fundo, com muito perigo. Aos quatorze, após sobra do escanteio, Arana soltou a bomba e a bola passou perto.

Aos dezesseis, Vargas perdeu um gol incrível! Dylan cruzou rasteiro e o chileno desviou na linha da pequena área, mandando pra fora.

O goleiro Carlos Miguel fez ótimas intervenções, sobretudo, na reta final. Bastante seguro embaixo das traves, o arqueiro impediu a virada atleticana em diversos momentos. Do outro lado, não era diferente com Everson, que conseguiu defender um chute a queima roupa, mesmo sem equilíbrio, de Igor Eto'o.

Quando a partida parecia definida, Nacho Fernández chamou a responsabilidade, invadiu a área e sofreu pênalti aos quarenta e quatro. Arana cobrou no ângulo e deu números finais ao jogo.