98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Bruno José marca e Cruzeiro vence a Juazeirense no Mineirão

Bruno José marca e Cruzeiro vence a Juazeirense no Mineirão

Com o resultado, o Cruzeiro vai para o segundo jogo que acontecerá em Juazeiro, na Bahia, com a vantagem do empate. Repetição do placar a favor da Juazeirense levará a definição da vaga para as oitavas de final nos pênaltis.

Por Vinícius Silveira - Esporte03/06/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro venceu a Juazeirense, por 1 a 0, valendo pela primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil. O gol celeste foi marcado por Bruno José, o primeiro com a camisa cruzeirense, na etapa final.

Com o resultado, o Cruzeiro vai para o segundo jogo que acontecerá em Juazeiro, na Bahia, com a vantagem do empate. Repetição do placar a favor da Juazeirense levará a definição da vaga para as oitavas de final nos pênaltis.

O Cruzeiro volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro da Série B. O time celeste receberá o CRB, domingo (6), às 18h15, no Mineirão. Os cruzeirenses vão em busca da primeira vitória na competição.

CRUZEIRO DOMINA, MAS NÃO MARCA GOLS

Antes do jogo, o técnico Felipe Conceição realizou alterações importantes no time. Volante Matheus Neris e o atacante Guilherme Bissoli ganharam oportunidade na equipe. Weverton também chegou a titularidade, mas por conta do desfalque do zagueiro Joseph. Com as alterações, Rômulo passou a ser segundo volante e Rafael Sóbis atuou como camisa 10.

Nos primeiros 45 minutos, o Cruzeiro dominou as ações da partida, com trocas de passes, posse de bola e iniciativa para finalizar. Contudo, o time celeste esbarrava em erros incessantes na criação das jogadas.

A Juazeirense priorizou a defesa, se segurando a frente da grande área para evitar que o Cruzeiro conseguise levar perigo ao gol do goleiro Rodrigo Calaça. No ataque, apostou no contra-ataque e só levou perigo após erros defensivos do time celeste. Os chutes de Clebson e Kesley levaram perigo à meta cruzeirense.

BRUNO JOSÉ MARCA O PRIMEIRO GOL COM A CAMISA DO CRUZEIRO

Na etapa final, o panorama do jogo foi o mesmo do primeiro tempo. Domínio expressivo do Cruzeiro em campo, e o jogo defensivo na Juazeirense.

No decorrer da partida, o Cruzeiro foi ainda mais superior que o adversário, e começou a criar boas chances para finalizar, mas errava nos arremates ou era desarmado pela defesa da Juazeirense. O técnico Felipe Conceição trocou peças, apostou na ofensividade. Já o treinador do time baiano, Carlos Rabelo fez mudanças, mas sem resultar em efeitos positivos para a equipe. A saída de Clebson foi prejudicial para o jogo do Cancão de Fogo.

Após muita pressão, o Cruzeiro finalmente chegou ao gol. Guilherme Bissoli fez a jogada pessoal, cruzou na diagonal e pegou Bruno José, livre na segunda trave só para escorar a bola para as redes de Rodrigo Calaça.

Na reta final da partida, o Cruzeiro poderia ampliar o marcador para chegar ao segundo jogo com placar mais confortável, mas faltou qualidade nos arremates.