Carregando...

Esporte

Com gol de Airton, Cruzeiro derrota o Botafogo em Ribeirão Preto

Com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 23 pontos e dorme na 13º colocação. Próximo jogo será contra o Guarani, no Mineirão.

Por Vinícius Silveira

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Com gol do atacante Airton, o Cruzeiro venceu o Botafogo-SP, por 1 a 0, em Ribeirão Preto. A partida valeu pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o Cruzeiro subiu para a 13ª posição, com 23 pontos e se afastou do Z-4 da Série B. Na próxima partida, o time celeste receberá o Guarani, segunda-feira (9), às 20 horas, no Mineirão.

FELIPÃO ESCALA TRÊS VOLANTES

Além da estreia de William Pottker, o técnico Luiz Felipe Scolari escalou o Cruzeiro com três volantes e liberou os laterais para o ataque. Nos primeiros minutos, o time celeste apareceu melhor, com mais movimentação e finalizou mais que o Botafogo.

Por sua vez, o Botafogo aceitou a pressão inicial do Cruzeiro e não apareceu no ataque. O time celeste tinha mais posse de bola e fazia a defesa botafoguense trabalhar. Só quando o primeiro tempo estava encaminhando para os minutos finais é que a Pantera começou a preocupar.

O time de Ribeirão Preto começou a finalizar mais e se apresentar no setor direito de ataque, nos espaços deixados por Patrick Brey.

FELIPÃO FAZ MUDANÇAS E CRUZEIRO CONSEGUE A VITÓRIA

No segundo tempo, o Botafogo melhorou e chegou a equilibrar a partida com o Cruzeiro. A Pantera seguiu tentando explorar os espaços deixados nas laterais celestes e começou a fazer o goleiro Fábio trabalhar.

O técnico Luiz Felipe Scolari já havia tirado Filipe Machado e colocado Claudinho, mas o meia não entrou bem e pouco produziu no time celeste. Mesmo sem melhorar em campo, o Cruzeiro demonstrava ter qualidade e só precisava de uma oportunidade para definir a partida.

Aos 25 minutos, em jogada pela direita, William Pottker trabalhou com Raul Cáceres. O lateral-direito chegou à linha de fundo e cruzou para Airton, bem posicionado na segunda trave, escorar a bola para as redes de Darley. É o terceiro jogo seguido que o camisa 77 marca.

No decorrer do jogo, o contra-ataque era o caminho para o Cruzeiro. Welinton entrou no jogo para fazer transição, mas o time celeste não aproveitou os espaços deixados em campo.

Nos minutos finais, Felipão enxergou que o time precisa segurar o resultado e sacou Claudinho para colocar Adriano. Novamente com uma formação mais conservadora, o Cruzeiro garantiu a vitória. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais