98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Com gol de falta, Cruzeiro vence o Boa Esporte e entra no G-4

Com gol de falta, Cruzeiro vence o Boa Esporte e entra no G-4

Com o resultado, o Cruzeiro chegou ao G-4, com 11 pontos. O Boa Esporte caiu para a lanterna da competição, com apenas quatro pontos.

Por Vinícius Silveira - Esporte04/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Cruzeiro venceu o Boa Esporte, por 1 a 0, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha. O gol celeste foi anotado por Rafael Sóbis, após cobrança de falta no primeiro tempo.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou ao G-4, com 11 pontos, e aguarda os demais jogos para definir a posição que terminará na rodada. O Boa Esporte caiu para a lanterna da competição, com apenas quatro pontos. 

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrentará o Coimbra, no Independência, quarta-feira (7), às 17h30. Já o Boa Esporte enfrentará o Tombense, quarta-feira (14), às 16 horas.

CRUZEIRO DOMINA O PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, o jogo foi de um time só. O Cruzeiro dominou por completo toda a etapa inicial, com maior posse de bola, finalizações, movimentação incessante de todos os jogadores e domínio tático. 

Mesmo com todo o domínio, o Cruzeiro esbarrou na falta de qualidade do último passe. Aos 20 minutos, o time celeste não perdeu a chance. Rafael Sóbis cobrou falta no lado esquerdo da grande área, a bola passou rasteira por todos os jogadores e entrou no canto esquerdo de Carlos Miguel. 

Posteriormente, o Cruzeiro seguiu criando oportunidades, mas continuava errando passes na criação das jogadas. Mesmo com o gol marcado, o Boa Esporte não reagiu e passou o primeiro tempo inteiro sem dar um chute ao gol sequer, tornando o goleiro Fábio como mero espectador da partida. 

BOA ESPORTE TENTA IGUALAR CONDIÇÕES

Nos minutos iniciais, o Boa Esporte partiu para cima do Cruzeiro e buscou ser mais ofensivo. O time de Varginha chegou a chutar duas vezes ao gol, mas sem levar perigo. 

Enquanto o Boa Esporte tentava o ataque, o Cruzeiro caiu de produção, fazendo com que o técnico Felipe Conceição alterasse a equipe. Destaque para a entrada de Rômulo, estreante com a camisa do Cruzeiro e que trouxe qualidade ao time na construção das jogadas.

O Cruzeiro tinha o contra-ataque a seu serviço, mas não aproveitou para ampliar o marcador. Já o Boa Esporte quase empatou a partida após cobrança de escanteio e grande defesa de Fábio. 

Nos minutos finais, o Boa Esporte ainda teve uma grande chance desperdiçada por Jefferson, mas o lance foi anulado pela arbitragem. No final, os três pontos foram para o Cruzeiro.