98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Com gol de Jair, Atlético vence Tombense e é campeão mineiro de 2020

Com gol de Jair, Atlético vence Tombense e é campeão mineiro de 2020

Atlético tinha a vantagem do empate após vencer o primeiro jogo por 2 a 1. Galo conquista o 45º título mineiro.

Por Guilherme Souza - Esporte30/08/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Atlético é campeão mineiro de 2020. O time atleticano venceu o Tombense por 1 a 0, no Mineirão. O gol do título foi marcado pelo volante Jair, nos minutos finais do primeiro tempo.

Como o Atlético venceu por 2x1 na primeira partida, realizada na última quarta-feira, o Tombense, que terminou na primeira colocação na primeira fase, precisaria de uma vitória simples para se sagrar campeão estadual na sua primeira decisão da história. O Galo, por sua vez, precisava somente do empate. 

Com a conquista, o Atlético chegou ao seu 45º título estadual, confirmando o posto de maior campeão estadual de Minas Gerais e se tornando também, o maior detentor de estaduais da região Sudeste do país. Na disputa geral, alvinegro ocupa a quinta colocação ao lado de Ceará e Internacional. Na década, foi o quinto caneco conquistado. Antes, o Galo havia levantado a taça em 2012, 2013, 2015 e 2017.

ATLÉTICO DOMINA O PRIMEIRO TEMPO

Na primeira etapa, o Atlético assumiu o controle da partida, tomando a iniciativa de buscar o jogo, sobretudo pelos lados com Keno pela esquerda e Mariano pela direita. O Tombense tentava sair em contra-ataques, com a bola sempre passando pelo experiente Ibson, mas a equipe de Tombos não conseguia chegar ao gol do goleiro Rafael.

A única finalização do Tombense foi com o centroavante Rubnes, mas a bola passou longe do gol. Aos 40 minutos, Savarino chegou a marcar, mas o impedimento foi anotado e confirmado pelo VAR.

Após o domínio técnico e tático dentro de campo, o gol do Atlético não demoraria a acontecer. Na cobrança de escanteio de Guilherme Arana pelo lado direito, Jair testou firme e colocou a bola no ângulo direito de Felipe, inaugurando o marcador aos 47 minutos.

TOMBENSE MELHORA, MAS NÃO CHEGA AO GOL

Na segunda etapa, o Tombense tentou iniciar uma reação nos primeiros cinco minutos, buscando o ataque, mas a tentativa foi totalmente rechaçada pelo Atlético, que voltou ao controle do jogo.

Passando o tempo, o mesmo cenário do primeiro tempo retornou na etapa final, com o Galo ditando o ritmo do jogo. Mesmo com as mexidas do técnico Eugênio Souza, o Tombense não melhorou em campo.

Jorge Sampaoli apostou na entrada de Marquinhos, Marrony e Hyoran. O time ganhou mais intensidade e esteve perto do segundo gol nas finalizações de Marquinhos e Marrony, mas pararam nas defesas do goleiro Felipe. 

TOMBENSE: Felipe Garcia; David, Admilton, Matheus Lopes (Ramon) e João Paulo; Rodrigo, Serginho (Gabriel Lima), Ibson (Jhemerson) e Marquinhos (Gerson Júnior); Cássio Ortega (Maycon Douglas) e Rubens. Técnico: Eugênio Souza

ATLÉTICO: Rafael; Mariano, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Allan e Allan Franco; Savarino (Hyoran), Keno (Marquinhos) e Eduardo Sasha (Marrony). Técnico: Jorge Sampaoli. 

CARTÕES AMARELOS: Serginho (Tombense) e Guilherme Arana (Atlético).

CARTÃO VERMELHO: Allan (Atlético).

ARBITRAGEM: Ronei Cândido Alves foi o árbitro da partida. Ele foi auxiliado por Marcos Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira. Wanderson Alves de Souza foi o árbitro de vídeo (VAR). A função de quarto árbitro esteve a cargo de Paulo César Zanovelli da Silva. Todos de Minas Gerais.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.