98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Com grande atuação, Atlético bate o Goiás e mantém 100% em casa

Com grande atuação, Atlético bate o Goiás e mantém 100% em casa

Com gols de Keno, Nathan e Marrony, o Atlético bateu o Goiás no Mineirão e confirmou a ótima campanha em casa.

Por Guilherme Souza - Esporte10/10/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Pedro Souza/Atlético



Atlético e Goiás entraram em campo nos embalos de sábado à noite no Mineirão. Em partida válida pela décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, o Galo bateu o Esmeraldino por 3x0, com gols de Keno, Nathan e Marrony.

Com o resultado, o alvinegro segue na ponta da tabela, agora com 30 pontos. O time alviverde, por sua vez, amarga a última colocação com apenas 9 pontos.

A próxima partida do Atlético será diante do Fluminense na próxima quarta-feira (21), às 21h30, no Mineirão.


PRIMEIRO TEMPO

O Atlético começou a partida ditando o ritmo do jogo, com jogadas envolventes, principalmente pelo lado direito com a novidade da partida, o jovem Savinho, de apenas 16 anos. Com muita ousadia e personalidade, ele partia pra cima dos adversários, criando diversas chances de perigo, finalizando ou servindo seus companheiros.

Em contrapartida, as investidas atleticanas paravam na grande atuação do goleiro Tadeu, do Goiás, que fez intervenções providenciais.

O bombardeio acontecia de todas as partes e todos os lados – pela direita com Sávio, esquerda com Keno e pelo meio com Nathan.

A primeira grande chance veio aos doze minutos, com uma jogada individual de Sávio, que partiu pra cima da defesa, finalizando perto do gol.

Aos dezesseis minutos, Sávio pegou de primeira e obrigou Tadeu a fazer uma bela defesa.

 Aos vinte minutos, a bola passou por toda a área e sobrou novamente pra ele, Sávio, que finalizou firme, obrigando Tadeu a fazer mais uma defesaça.

O gol estava amadurecendo e saiu aos quarenta e um, após pênalti de Tadeu em Sasha, que invadiu a área e foi derrubado pelo arqueiro alviverde. Keno cobrou no canto direito de Tadeu, que caiu para o oposto.

Aos quarenta e seis, Keno foi até a linha de fundo e cruzou com maestria, na cabeça de Nathan, que deslocou o goleiro Tadeu, acertando o canto direito e ampliando.


SEGUNDA ETAPA   


No segundo tempo, a tônica permaneceu a mesma. Com um Atlético intenso, com linhas adiantadas e buscando o terceiro gol a todo instante.

Com as alterações realizadas por Jorge Sampaoli, o time ficou mais ofensivo, sobretudo, com a entrada de Allan e Mailton.

Aos dezesseis minutos, após chute forte de Allan e defesa de Tadeu, Rever apareceu livre, mas acabou finalizando em cima do goleiro.

O Goiás, por sua vez, tentava chegar, mas de forma tímida, sem qualquer perigo.

Aos quarenta e um minutos, Keno invadiu a área e quase marcou o segundo dele na partida, mas a bola explodiu na trave.

Aos quarenta e seis, não teve jeito para a defesa goiana! Marrony finalizou duas vezes para vencer a defesa e o goleiro Tadeu, fechando o placar.