98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Com tempos distintos, Cruzeiro é derrotado pelo Confiança no Mineirão

Com tempos distintos, Cruzeiro é derrotado pelo Confiança no Mineirão

Com primeiro tempo apagado, Cruzeiro é derrotado pelo Confiança, por 2x1, no Mineirão. É a primeira derrota do time sob o comando de Felipão.

Por Guilherme Souza - Esporte27/11/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Cruzeiro e Confiança entraram em campo na noite desta sexta-feira (27), no Mineirão, em partida válida pela vigésima quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com um gol olímpico do volante Guilherme Castilho e outro em cobrança de pênalti de Renan Gorne, o Confiança venceu por 2x1. Raúl Cáceres descontou para a Raposa.

Com o resultado, o time sergipano subiu para a oitava posição, com 35 pontos. O Cruzeiro, por sua vez, se mantém em décimo quinto, com 28 pontos.

O Cruzeiro voltará a campo na quarta-feira (2), no clássico com o América, às 21h30, no Independência. O Confiança irá receber o Figueirense, no Estádio Batistão, na terça-feira (1), às 19h15.


PRIMEIRO TEMPO ASSUSTADOR


Depois de uma grande vitória na última rodada, diante da líder Chapecoense, por 1x0, em Chapecó, esperava-se que o Cruzeiro mantivesse a postura confiante e de buscar o resultado. No entanto, a partida começou de forma assustadora por parte do time celeste.

O Confiança buscava o ataque desde os primeiros minutos, e aos quatro minutos, Guilherme Castilho, que tem como característica o chute forte, cobrou escanteio fechado, a bola desviou no volante Jadsom e morreu no fundo das redes.

Após o gol dos visitantes, a Raposa não conseguia se encontrar em campo. As chances criadas eram finalizadas sem capricho e de forma afoita. O nervosismo era refletido nas finalizações.

Aos dezesseis minutos, Airton recebeu a bola, ficou frente a frente com o goleiro, e perdeu grande chance de empatar.

Aos vinte e dois, após grande jogada de Thiago Ennes, Ítalo chutou e a bola bateu no braço de Raúl Cáceres. O árbitro assinalou penalidade máxima, que foi convertida por Renan Gorne, deslocando o goleiro Fábio. O segundo gol foi uma ducha de água fria para o Cruzeiro.

No finzinho da primeira etapa, ainda teve tempo para mais uma grande chance desperdiçada. Raúl Cáceres cruzou na medida para William Pottker, que cabeceou tirando do goleiro, mas a bola foi para fora.


SEGUNDO TEMPO DIFERENTE

Logo de cara, o técnico Felipão promoveu três alterações. Foram para a partida o lateral-esquerdo Matheus Pereira, o volante Filipe Machado e o atacante Marcelo Moreno.

Com as substituições, o Cruzeiro mudou a postura e passou a pressionar o adversário, o tirando da zona de conforto.

Aos oito minutos, a pressão surtiu efeito. William Pottker levantou a bola na segunda trave, onde estava Raúl Cáceres, que só teve o trabalho de cabecear, tirando do alcance do goleiro Rafael Santos.

A reação rápida deu um gás novo ao Cruzeiro, que partiu pra cima do adversário.

Com as investidas do Cruzeiro, o jogo ficou franco. O Confiança, por sua vez, assustava bastante em descidas rápidas pelos lados. Em algumas, o goleiro Fábio foi fundamental para que o placar não fosse liquidado.

Depois dos trinta minutos, o Cruzeiro conseguiu encurralar o adversário e esteve muito próximo do empate. O goleiro Rafael Santos foi o nome dos minutos finais.

Aos trinta e nove, Arthur Caíke tentou encobrir Rafael, de cabeça, mas o arqueiro se recuperou e com a ponta dos dedos, evitou o segundo gol do time estrelado.

Dois minutos depois, William Pottker teve a bola do jogo. Thiago fez bela jogada pela direita, levantou na área, onde estava Pottker, que cabeceou para fora, perdendo uma chance impressionante.


FIM DA INVENCIBILIDADE DE FELIPÃO

Depois de oito jogos no comando do Cruzeiro, Luiz Felipe Scolari conheceu sua primeira derrota. O retrospecto aponta quatro vitórias, três empates e uma derrota.


MARCELO MORENO FORA DO CLÁSSICO

O atacante Marcelo Moreno recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrentará o América, na quarta-feira, no Independência, pela vigésima quinta rodada.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.