98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Cruzeiro e América se enfrentam pela Série B do Brasileirão

Cruzeiro e América se enfrentam pela Série B do Brasileirão

Após seis meses do primeiro e único confronto no ano, empate por 1 a 1, os dois se encontrarão pela Série B do Brasileiro

Por Guilherme Souza - Esporte29/08/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Cruzeiro e América entram em campo neste sábado, às 19h, no Mineirão, em partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Será o primeiro duelo das duas equipes na competição.

Em posições e momentos distintos, o clássico promete ser um duelo bastante disputado no Gigante da Pampulha. O América vem de duas vitórias consecutivas, uma pela Série B, diante do Oeste, no Independência, e outra pela Copa do Brasil, que culminou na classificação sobre a Ferroviária/SP, também no Horto. A Raposa, por sua vez, tem três partidas de jejum de vitórias.

Além disso, será o reencontro de Enderson Moreira com o América. Enderson dirigiu o América em 111 partidas, com 43 vitórias, 32 empates e 36 derrotas. Foram 112 gols a favor e 110 contra. Ele conquistou o Campeonato Brasileiro da Série B em 2017.

ENDERSON MOREIRA TEM VOLTA DE JOGADORES IMPORTANTES

Para esta partida, o técnico Enderson Moreira poderá contar os retornos do lateral Patrick Brey, do zagueiro Cacá, do volante Henrique, com os meias Régis e Claudinho, e com os atacantes Arthur Caíke e Marcelo Moreno.

BOM MOMENTO DO AMÉRICA É TRUNFO PARA O CLÁSSICO

Sem perder na Série B desde a segunda rodada, contra o Cuiabá, e vindo de uma classificação para a quarta fase da Copa do Brasil diante da Ferroviária-SP, o técnico Lisca pode apostar nos resultados recentes para motivar os jogadores contra o Cruzeiro.

Em relação ao time escalado para a partida contra a Ferroviária, o técnico Lisca não tem desfalques. No entanto, o treinador americano pode levar uma dúvida para o vestiário: Léo Passos ou Marcelo Toscano.

ESCALAÇÕES 

CRUZEIRO: Fábio; Raul Cáceres, Cacá, Léo e Giovanni; Jadson e Ariel Cabral; Maurício, Régis e Arthur Caíke; Thiago. Técnico: Enderson Moreira

AMÉRICA: Matheus Cavichiolli; Daniel Borges, Messias, Eduardo Bauermann e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Matheusinho, Léo Passos (Marcelo Toscano) e Rodolfo. Técnico: Lisca

ARBITRAGEM: Paulo Cezar Zanovelli apita a partida. Ele será auxiliado por Frederico Soares Vilarinho e Leonardo Henrique Pereira. O quarto árbitro será Leonardo Rotondo Pinto. O quarteto é de Minas Gerais.