Carregando...

Esporte

Cruzeiro empata com São Raimundo-RR, e está na segunda fase da Copa do Brasil

Fininho abriu o placar para os donos da casa, mas Felipe Augusto igualou o marcador. Cruzeiro enfrentará o América-RN, em local a ser definido por sorteio

Por Vinícius Silveira

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro empatou em 1 a 1 com o São Raimundo-RR, no Estádio Canarinho, em Boa Vista, capital de Roraima, e garantiu passagem para a segunda fase da Copa do Brasil. Fininho abriu o placar para os donos da casa, mas Felipe Augusto igualou o marcador.

O time celeste se valeu no critério de desempate que permitia ao Cruzeiro se classificar com o empate. Agora, os cruzeirenses enfrentarão o América-RN, em jogo único, mas com mando de campo a ser sorteado.

Financeiramente, o Cruzeiro agradeceu a classificação. O clube celeste já havia embolsado R$ 1,15 milhão por participar da primeira fase, agora garantiu mais R$ 1,35 milhão por alcançar a etapa seguinte.

SÃO RAIMUNDO COMEÇA MELHOR E CRUZEIRO POUCO CRIA NO ATAQUE

Nos minutos iniciais, o São Raimundo mostrou mais vontade no setor defensivo, onde os dois volantes, Juca e Belão marcaram Claudinho e Rafael Sobis com muita efetividade.

Com antecipação na construção das jogadas do Cruzeiro, o time de Roraima conseguiu criar oportunidades no ataque. Aos oito minutos, cruzamento do lado direito, Fininho se antecipou à Cáceres e cabeceou a bola para as redes de Fábio.

O Cruzeiro teve muitas dificuldades na armação das jogadas. Apostou excessivamente em lançamentos no campo de ataque, principalmente, com Matheus Barbosa. Sem conseguir manter a bola no campo ofensivo, facilitou a vida da defesa do São Raimundo.

Na reta final do primeiro tempo, o São Raimundo ainda exigiu uma grande defesa do goleiro Fábio, em um chute de fora da área.

FELIPE CONCEIÇÃO MUDA O ATAQUE E RESULTADO NÃO DEMORA A SURGIR

No segundo tempo, Felipe Conceição mudou o ataque celeste, com as entradas de Felipe Augusto, Marcelo Moreno e Marcinho, sacando Bruno José, Rafael Sóbis e Claudinho, respectivamente. As alterações deram resultado, pois o Cruzeiro passou a segurar mais a bola no ataque e iniciar a criação das jogadas.

Aos oito minutos, Cáceres chegou à linha de fundo e cruzou a bola na cabeça de Felipe Augusto, que empatou o placar. O gol deu mais tranquilidade ao Cruzeiro, pois com o empate já garantia a classificação para a segunda fase.

Mesmo com o empate, o Cruzeiro tentou criar novas jogadas, mas pecava nos passes próximos a grande área. O São Raimundo não tinha outra estratégia se não tentar o ataque, mas também errava nas conclusões dos lances.

Na reta final, Cruzeiro quase virou o jogo com Felipe Augusto, após finalização que levou a bola a tocar o travessão. Detalhe que o goleiro André deu um leve toque na bola, suficiente para tirar a direção do gol. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais