Carregando...

Esporte

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro


No início da tarde desta sexta-feira (13), o Cruzeiro anunciou que os contratos do meia-atacante Matheus Índio e do atacante Roberson foram rescindidos em comum acordo.

Roberson foi contratado ainda em janeiro, quando o Cruzeiro era comandado por Adilson Batista. Após a saída do treinador, que aconteceu no mês de março, o jogador perdeu espaço e passou a ficar fora dos planos do clube. O vínculo do atleta iria até o fim de 2020. Com a camisa celeste, Roberson participou de treze jogos e marcou apenas um gol.

Matheus Índio, por sua vez, chegou ao Cruzeiro no mês de setembro, quando o clube ainda atravessava o momento difícil de não registrar jogadores, em função de uma sanção da FIFA. Com isso, o jogador ficou apenas no processo de preparação, mas não chegou a estrear. O meia-atacante foi uma indicação de Ney Franco, técnico do clube anteriormente.


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais