98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Cruzeiro vence o Botafogo e estreia bem na Série B

Cruzeiro vence o Botafogo e estreia bem na Série B

Cruzeiro garantiu a vitória no final da partida, mas conseguiu os três pontos

Por Vinícius Silveira - Esporte08/08/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro venceu o Botafogo-SP por 2 a 1, no Mineirão, valendo pela estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols celestes foram de Cacá e Jean, contra um de Wellington Tanque para a Pantera.

Mesmo com a vitória, o Cruzeiro fica na lanterna do Brasileirão, pois começou a competição com menos seis pontos. Na próxima partida, o time celeste tem a chance de zerar o débito contra o Guarani, terça-feira (11).

CRUZEIRO COMEÇA BEM, MAS CAI DE PRODUÇÃO

Buscando partir para o ataque nos primeiros minutos, o Cruzeiro pressionou o Botafogo tentando o gol inicial. Porém, passada a iniciativa celeste, o Botafogo conseguiu sair para o jogo, chegando a criar boas possibilidades.

Aos 10 minutos, Naldo acertou um belo chute e exigiu grande defesa do goleiro Fábio. O Cruzeiro tentava dar a resposta com jogadas pelas pontas, principalmente, pelo lado direito, com Raul Cácares e Stênio. No entanto. As iniciativas celestes não surtiram efeito e o placar sem gols foi para o intervalo.

CRUZEIRO MELHORA, LEVA SUSTO, MAS VENCE NO FIM

O Cruzeiro voltou melhor, mais consciente em campo, mas não conseguiu pressionar o Botafogo. Por sua vez, o time paulista aproveitava os espaços deixados pelo time celeste, principalmente, pelo lado esquerdo da defesa cruzeirense. Apesar da vontade da equipe de Ribeirão Preto, faltava qualidade.

Apesar da pouca inspiração, o Cruzeiro era melhor e saiu na frente do placar. Aos 17 minutos, Raul Cáceres pegou a sobra, limpou a marcação e cruzou na cabeça de Cacá. O zagueiro saltou livre e cabeceou fatalmente para as redes de Darley.

O Cruzeiro poderia ter ampliado o marcador, mas a falta de inspiração e a ausência de um poder de definição mais rápido, impediram a ampliação do placar.

Sem mexer no marcador foi terrível para o Cruzeiro, que acabou levando o empate. Aos 40 minutos, Guilherme Romão cruzou e o atacante Ferreira tocou de cabeça, livre e Fábio fez grande defesa. No rebote, Wellington Tanque balançou as redes.

Quem imaginava que as coisas fossem ficar assim, se enganou. Aos 42 minutos, Jean aproveitou a bola recebida na entrada da área e bateu forte para o gol. Tinham muitos jogadores a frente do goleiro Darley, que praticamente não viu a bola passar. Quando percebeu, a bola já tinha entrada. Final, Cruzeiro 2 a 1.