98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. De virada, Caldense derrota o Atlético no Ronaldão

De virada, Caldense derrota o Atlético no Ronaldão

Com o resultado, o Atlético tem 15 pontos, segue líder, mas com a mesma pontuação do América, que perde nos critérios de desempate. A Caldense subiu para o terceiro lugar, com 11 pontos.

Por Vinícius Silveira - Esporte01/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Atlético perdeu o primeiro jogo na temporada 2021. O Galo foi derrotado pela Caldense, por 2 a 1, no Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas. O alvinegro abriu o placar com Keno, mas sofreu a virada com Verrone e Gabriel Tonini.

Com o resultado, o Atlético tem 15 pontos, segue líder, mas com a mesma pontuação do América, que perde nos critérios de desempate. A Caldense subiu para o terceiro lugar, com 11 pontos.

Na próxima rodada, o Atlético vai encarar o América, no Mineirão, domingo (4), às 16 horas, disputando a liderança do Campeonato Mineiro. A Caldense terá pela frente o Pouso Alegre, no Manduzão, às 15h30.

GALO SENTE GRAMADO IRREGULAR, MAS SAI NA FRENTE

Diferente do que aconteceu nas partidas anteriores, o Atlético não começou bem a partida, principalmente, por conta do gramado do estádio Ronaldo Junqueira, que prejudicou o estilo de jogo do Galo.

O Atlético abriu o placar somente aos 22 minutos, após cobrança de falta por Nacho Fernández, Keno cabeceou a bola que entrou nas redes de Passarelli. Depois do gol, o Galo não exigiu muito trabalho da defesa da Veterana.

Em compensação, acreditando no resultado, a Caldense demonstrou interesse em conquistar um bom resultado, e chegou a finalizar duas vezes, que passaram perto do gol de Everson.

GALO CAI DE PRODUÇÃO E CALDENSE APROVEITA PARA VIRAR O JOGO

A Caldense voltou para o segundo tempo ainda mais interessado no jogo e encarou o Atlético de igual para igual. Não demorou muito e a Veterana empatou o jogo com Verrone, que aproveitou bom passe de Amarildo.

Cuca mexeu no time e a entrada de Savarino melhorou a qualidade do ataque, mas muito longe do bom rendimento que teve outros jogos do Estadual. A marcação da Caldense também era efetiva e mostrava qualidade ao impedir as ofensivas atleticanas.

A Caldense estava esperando a melhor hora para dar a resposta, e ela aconteceu aos 36 minutos. Gabriel Tonini roubou a bola de Hyoran, e bateu para o gol, indefensável para Everson. Com o gol sofrido, o Atlético se jogou para o ataque, tanto que o zagueiro Igor Rabello virou centroavante, mas de nada adiantou. 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.