98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Felipão deixa o comando do Cruzeiro

Felipão deixa o comando do Cruzeiro

Após reunião com a diretoria celeste, chegou ao fim a segunda passagem de Luiz Felipe Scolari pelo Cruzeiro.

Por Guilherme Souza - Esporte25/01/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro


O casamento entre Cruzeiro e Felipão chegou ao fim. Em um consenso, clube e treinador decidiram terminar a segunda passagem do treinador no clube celeste.

O treinador chegou ao clube celeste com a missão de livrar o clube do rebaixamento à Série C do futebol nacional. Na ocasião, o clube ocupava a décima nona colocação, com apenas 13 pontos.

Felipão conseguiu aumentar o rendimento da equipe, que chegou a sonhar com o acesso à Série A, o que não aconteceu. No entanto, apesar de sempre afirmar que participaria do projeto para a temporada seguinte, no ano do centenário celeste, Luiz Felipe Scolari decidiu interromper sua segunda passagem pela Raposa.

 A negociação pela contratação do treinador, em Porto Alegre, ainda em outubro, contou com promessas que não foram cumpridas. Entre os acordos, estava a obrigação da diretoria de manter os salários em dia, o que acabou não acontecendo. Os funcionários em geral também sofreram com atrasos salariais, o que incomodava bastante o treinador.

 Além disso, também foi prometida a contratação de reforços. Neste momento, o clube está impedido de realizar registros no time profissional e na base.

Sabendo da possibilidade de saída de Felipão, o Cruzeiro já trabalha com alguns nomes para substituí-lo. O plano A seria Felipe Conceição, atualmente no Guarani/SP. Felipe se destacou no América, em 2019, com uma arrancada que quase terminou em acesso à elite. Em 2020/2021, o técnico realiza uma campanha semelhante, de superação, no Bugre Campineiro. Após a saída de Ney Franco, Felipe já era especulado na Raposa.

 Diante disso, após alcançar a meta traçada, de permanecer na Série B, o comandante anunciou que não seguirá no clube. Na somatória das duas passagens, Felipão obteve 49 vitórias, 31 empates e 16 derrotas, em 96 jogos.