98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Fora de casa, Cruzeiro perde para Brasil de Pelotas

Fora de casa, Cruzeiro perde para Brasil de Pelotas

O Cruzeiro não vence desde a terceira rodada e termina a sétima rodada da Série B próximo da zona de rebaixamento

Por Vinícius Silveira - Esporte03/09/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Cruzeiro perdeu para o Brasil de Pelotas, no Estádio Bento Freitas, por 1 a 0. O gol do time Xavante foi anotado pelo atacante Gabriel Poveda, no segundo tempo.

Com o resultado, o Cruzeiro terminou a sétima rodada na 16º posição, com quatro pontos, mesma pontuação do Guarani, 17º e primeiro na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o time celeste enfrentará o CRB, segunda-feira (7), às 20 horas, no Mineirão.

CRUZEIRO COMEÇA BEM, MAS NÃO BALANÇA AS REDES

Enderson Moreira apostou na manutenção de Henrique formando dupla com Jadson. Maurício ganhou a posição de Régis, titular nas últimas partidas, e ficou responsável pela criação das jogadas.

No primeiro tempo, o Cruzeiro mostrou interesse no jogo, com passes rápidos e buscando a finalização. O Brasil de Pelotas começou atuando de forma defensiva e aceitando a pressão celeste.

A primeira boa finalização do time celeste foi com o atacante Airton, que partiu em velocidade e na hora do arremate, chutou em cima do goleiro Rafael Martins.

A partir da metade do primeiro tempo, o Brasil de Pelotas começou a sair para o jogo. No entanto, o goleiro Fábio não realizou nenhuma grande defesa.

No decorrer do jogo, o Cruzeiro investiu em chutes de fora da área, mas sem exigir grande defesa de Rafael Martins. Com a bola nos pés, o time celeste encontrava espaços pelo lado esquerdo com Matheus Pereira, mas errava na construção das jogadas.

BRASIL DE PELOTAS MARCA E GARANTE A VITÓRIA

Nos minutos iniciais, o Cruzeiro apresentou interesse no jogo, mas esbarrou nas limitações do time, fazendo com que os jogadores caíssem de produção no decorrer da etapa final.

O Brasil de Pelotas cresceu em campo, igualando as condições com o Cruzeiro e levando perigo ao gol do goleiro Fábio.

Nos contra-ataques, o Brasil aproveitava os espaços deixados pela defesa celeste. Aos 22 minutos, Rodrigo Ferreira aproveitou a brecha no lado esquerdo do Cruzeiro, fez o cruzamento para Gabriel Poveda, que finalizou ao gol de Fábio.

A partir do gol do Brasil, o Cruzeiro se perdeu em campo. Tentava construir as jogadas, mas não conseguia colocar o pé na grande área defensiva do time de Pelotas.

Sem conseguir esboçar criatividade, o Cruzeiro apostou em cruzamentos na grande área até o final da partida. No entanto, quase sempre facilitando para a defesa do Brasil afastar os lances celestes.