98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Granata destaca principais pontos de sua candidatura à presidência do Cruzeiro

Granata destaca principais pontos de sua candidatura à presidência do Cruzeiro

Ronaldo Granata, candidato à presidência do Cruzeiro, passou a limpo os principais pontos de sua candidatura.

Por Guilherme Souza - Esporte06/05/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter
Foto: Divulgação


No programa 98 Esportes desta quarta-feira (06/05), o entrevistado foi Ronaldo Granata, candidato à presidência do Cruzeiro Esporte Clube, em eleições marcadas para o fim deste mês.

Na ocasião, Granata explicou vários pontos sobre sua candidatura e também fatos que aconteceram nos últimos meses, nos bastidores do clube celeste.

Sobre conselheiros remunerados:

Quando eu falei de “vaquinhas de presépio”, eu estava me referindo ao conselheiro remunerado, que não trabalhava. Deixei muito claro. Eu alertei a torcida que o Cruzeiro vivia a maior crise do futebol mundial, após as denúncias (matéria do Fantástico, da TV Globo).

Sobre ter sido eleito vice-presidente na gestão Wagner Pires de Sá:

Eu não participei. Eu rompi com a diretoria eleita antes da posse. A eleição foi em outubro, a posse foi em janeiro, na posse nós já estávamos rompidos. Os conselheiros que foram na posse viram que nem meu nome foi citado. A gente já tinha um rompimento público. Eu não tive participação nenhuma nessa diretoria."

   Sobre o Conselho Gestor, que hoje administra o clube:

Esse Conselho Gestor veio com a proposta da transparência e de sanear o Cruzeiro, e havia um acordo para esse Conselho Gestor ficar até o final do ano. Venho exaltar aqui o trabalho do Conselho Gestor, que está sendo muito bem feito.

Sobre a proposta de mudança no estatuto do Cruzeiro:  

Eu já defendo a mudança do estatuto há vários anos. Inclusive, com participação do sócio do futebol, tendo direito à voto. O estatuto do Cruzeiro tem que ser mudado urgentemente e muito bem discutido. Não podemos errar na mudança do estatuto. Tem que ter a valorização do voto do conselheiro. A valorização do voto do sócio e o voto do sócio. Eu sempre defendi que aquele que contribui com o clube, que paga mensalidade, tem que ter direito ao voto.


Confira a entrevista na íntegra:


Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.