98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Justiça bloqueia bens de dois ex-dirigentes do Cruzeiro e empresário

Justiça bloqueia bens de dois ex-dirigentes do Cruzeiro e empresário

O deferimento da ação aconteceu após investigação da Polícia Civil de Minas Gerais e do Ministério Público de Minas Gerais contra os ex-dirigentes celestes e empresários

Por Vinícius Silveira - Esporte20/08/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Após investigação da Polícia Civil e do Ministério Público de Minas Gerais, a Justiça determinou bloqueio de bens do ex-presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, do ex-vice de futebol Itair Machado e empresário Cristiano Richard, no valor total de R$ 16.233.183,08, visando garantir o pagamento ao Cruzeiro pelos prejuízos deixados pelos investigados.

De acordo com o Ministério Público de Minas Gerais, a decisão atende parcialmente a manifestação do MP e da Polícia Civil de Minas Gerais, após o desfecho parcial das investigações de possíveis irregularidades cometidas pelos dois ex-dirigentes celestes no exercício do mandato de Wagner Pires.

De acordo com o Ministério Público de Minas Gerais, o sequestro de bem imóvel de Itair Machado de Souza compreende o valor de R$4.442.166,76, e de R$ 1.299.644,25 em bloqueio de bens.

Wagner Pires de Sá terá bloqueio de bens no valor de R$ 6.154.828,07 e a punição se repete a Cristiano Richard dos Santos Machado, com cifras que chegam a R$ 4.336.544,00.