98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Justiça do Trabalho mantém audiência entre Cruzeiro e Mano Menezes

Justiça do Trabalho mantém audiência entre Cruzeiro e Mano Menezes

Cruzeiro tentou pedido de reconsideração da decisão da Justiça e solicitou arquivamento do ação movida pelo treinador contra o clube celeste

Por Vinícius Silveira - Esporte21/07/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A juíza Solainy Beltrão dos Santos, da 42ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte indeferiu o pedido do Cruzeiro para arquivar a ação movida pelo ex-treinador do clube, Mano Menezes. O pedido de reconsideração do time celeste aconteceu ontem à noite e nesta terça-feira à tarde a magistrada decidiu por seguir com o processo.

Os cruzeirenses contestam a versão de que o treinador e o advogado não teriam conseguido participar da audiência por problemas técnicos na conexão por videoconferência.

Com a recusa da Justiça, mantém-se a data marcada para nova audiência que está marcada para a próxima terça-feira (28), na parte da manhã.

Mano Menezes entrou na Justiça do Trabalho contra o Cruzeiro no dia 19 de maio, onde cobrou R$ 4.326.934,00. Entre as cobranças feitas pelo treinador estão: rescisão do contrato de trabalho, 13º proporcional, férias proporcionais, 1/3 das férias, entre outras questões trabalhistas.

Outra ação que corre na justiça de Mano Menezes contra o Cruzeiro, na 27ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte é reivindicação dos direitos de imagem do treinador. O débito é de pouco mais de R$ 1 milhão