98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Marcus Salum descarta reeleição: "Preciso de um descanso"

Marcus Salum descarta reeleição: "Preciso de um descanso"

Mandatário maior desde 2018 e presente na história do América desde 1986, Marcus Salum concedeu entrevista ao programa Arena 98 nesta segunda-feira (8).

Por Vinícius Silveira - Esporte08/02/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Uma das figuras mais presentes na história do América, Marcus Salum está no clube, dentre muitos cargos que assumiu, desde 1986. Como presidente, foi campeão brasileiro da Série B, em 1997, e neste mandato que está próximo de se encerrar, Salum conseguiu levar o Coelho à semifinal da Copa do Brasil e o vice-campeonato nacional da Série B.

Prestes a encerrar mais um mandato a frente do Coelho, Salum deixou bem claro que não vai tentar a reeleição, embora fosse permitido pelo estatuto do América. Dentre muitos assuntos levantados, Marcus Salum participou do programa Arena 98 nesta segunda-feira (8), e explicou porque tomou a decisão de não tentar a continuidade na presidência.

Porque não concorrer à reeleição?

Antes de começar o programa, me perguntaram: ‘Salum, você que sair? Respondi que não. Mas você vai sair? Vou, da presidência’. Tomei uma decisão que ela tem uma duração só, que esse ano não posso ser presidente do América. O modelo do América é interessante, porque são cinco, e a qualquer hora, se for possível, eu posso voltar”.

Mas, tem um tripé na minha vida que respeito muito: empresa, que é muito grande e estou passando por um processo de sucessão; família, que já passei do meu limite; e saúde. Então, são três coisas que não posso agredir tanto como estou agredindo, porque eu trabalho no América 24 horas. Os meus funcionários me chamam de pai, porque eu ligo é sete horas da manhã. O dia inteiro estou ligado resolvendo problemas, o superintendente é a mesma coisa, diretor de futebol. Não dá para fazer mais ou menos. Se o América teve sucesso, é porque foi muito trabalho. Até me sugeriram para me eleger e pedir licença e isso não funciona na minha vida. Me eleger, meu time perder e eu de licença? Isso não existe pra mim. O que eu combinei com todos foi o seguinte: eu preciso de um tempo e não sei quanto tempo, mas este ano e o ano que vem, preciso de um descanso”.

Confira a entrevista na íntegra em nosso canal no YouTube!