98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Na estreia do Estadual, Cruzeiro empata com o Uberlândia

Na estreia do Estadual, Cruzeiro empata com o Uberlândia

O Cruzeiro atacou bastante, criou jogadas, mas só conseguiu empatar a partida nos acréscimos do jogo.

Por Vinícius Silveira - Esporte27/02/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Cruzeiro estreou com empate no Campeonato Mineiro. O time celeste e o Uberlândia ficaram no 1 a 1, em partida disputada no Parque do Sabiá. Reis abriu o placar para a equipe do Triângulo Mineiro, e na etapa final, Cáceres igualou o marcador. 

Na próxima rodada, o Cruzeiro receberá a Caldense, às 21h30, em Belo Horizonte. Já o Uberlândia viaja até Patos de Minas para encarar a URT, no Estádio Zama Maciel, às 20 horas. As duas partidas serão na quarta-feira (3).

FELIPE CONCEIÇÃO PROMOVE ESTREIAS

O técnico Felipe Conceição promovou estreias de reforços contratados para a temporada. Alan Ruschel, Matheus Barbosa, Matheus Neris, Marcinho e Felipe Augusto começaram a partida. Outro jogador foi o zagueiro Weverton, formado nas bases do clube e fez o primeiro jogo como profissional.

Com a bola rolando, o Cruzeiro começou pressionando, buscando as jogadas pelas laterais do campo e procurando o gol. Mesmo sendo mais efetivo, faltavam finalizações mais consistentes. 

Ao Uberlândia restava se defender e buscar o contra-ataque. E foi em um destes lances, que o Periquito abriu o placar. No lançamento pela direita, Everton cruzou para Reis, que finalizou sem força, mas o suficiente para a bola entrar no gol de Fábio.

No decorrer, o Cruzeiro apostou no ataque, tentou produzir no ataque, mas faltava qualidade nas finalizações. A melhor chance foi com Rafael Sóbis, que chutou a bola de fora da área, acertando o travessão de Marcão.

TIME CELESTE ALUGA O ATAQUE E UBERLÂNDIA SE DEFENDE

Se no primeiro tempo, o Cruzeiro buscou a finalização, na etapa final, os jogadores celestes alugaram o campo de ataque, tornando a partida em um jogo de um time só.

O Cruzeiro finalizou diversas vezes, mas pecava ao não acertar o gol. O goleiro Fábio não trabalhou no segundo tempo, sendo espectador de luxo da partida. 

Tanta pressão quase resultou em gol em duas oportunidades. A primeira no cruzamento de Claudinho e cabeceio de William Pottker na trave. E depois veio o gol de empate. Na jogada trabalhada, Rafael Sóbis serviu a Cáceres, que chutou forte no canto direito de Marcão.

O Cruzeiro ainda tentou a virada, mas novamente faltou qualidade nos arremates ao gol, e o placar de empate se confirmou ao final da partida. 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.