98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. No Mineirão, Atlético derrota o Coritiba e volta a ser vice-líder

No Mineirão, Atlético derrota o Coritiba e volta a ser vice-líder

O resultado positivo, aliado ao empate do Flamengo contra o Fortaleza, recolocou o Atlético na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 49 pontos

Por Vinícius Silveira - Esporte26/12/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Divulgação/Twitter Mineirão

O Atlético encerrou 2020 com vitória no Mineirão. Com gols de Hyoran e Eduardo Sasha, todos no segundo tempo, o Galo venceu o Coritiba, por 2 a 0, e comemorou três pontos importantes no Brasileirão.

Com o resultado, o Atlético encerrou o jogo vice-lider do Brasileirão. O Galo comemorou o empate entre Fortaleza x Flamengo, que também jogaram neste sábado, resultado que garantiu a vice-liderança alvinegra. Já o Coritiba segue sem vencer no returno do campeonato e caminha a passos largos para um descenso para a segunda divisão.

O Atlético só entrará em campo daqui a 15 dias, quando encara o Red Bull Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. 

GALO DOMINA O TERREIRO, MAS NÃO BALANÇA AS REDES

Sem volantes, o técnico Jorge Sampaoli resolveu não fazer experimentos e improvisou Zaracho na posição. Já o Coritiba entrou em campo com três jogadores de marcação para segurar as ofensivas atleticanas.

No primeiro tempo, o Atlético teve grande posse de bola e jogou ofensivamente, tendo todas as linhas do time no campo defensivo do Coritiba. Por sua vez, o time Coxa Branca apostava nos contra-ataque, com a bola passando por Giovanni Augusto e em lançamentos buscando Neilton pela esquerda e Rafinha pela direita. 

O Atlético teve a primeira grande na falta cobrada por Hyoran, que bateu no travessão e depois com Vargas, que cabeceou para boa defesa de Wilson. 

Mesmo sendo pressionado, o Coritiba conseguiu espaços para o contra-ataque, principalmente, no lado direito da defesa atleticana. Giovanni Augusto teve as duas melhores chances, sendo uma parando nas luvas de Everson, e a outra passando muito próximo do travessão. 

GALO MANTÉM POSTURA OFENSIVA E GARANTE A VITÓRIA

No segundo tempo, o Atlético seguiu atuando ofensivamente e tentando criar oportunidades de gol, mas faltava criatividade na hora de armar as jogadas. O Coritiba também manteve a estratégia, mas diferente do que ocorreu na etapa inicial, o Coxa Branca só teve uma grande chance de gol, que foi com o atacante Robson, batendo cruzado para o gol, exigindo grande defesa de Everson.

Superior em campo, o Galo abriu o placar aos 20 minutos. Hyoran recebeu a bola na grande área, limpou a marcação e bateu colocado, com força, no ângulo esquerdo de Wilson. O gol trouxe mais tranquilidade ao Atlético.

Jorge Sampaoli realizou mexidas importantes no time, com as entradas de Alan Franco, que deu mais estabilidade ao meio-campo, e Eduardo Sasha no ataque. O segundo gol atleticano foi marcado aos 37 minutos. Sasha, que entrou no lugar de Vargas, aproveitou a sobra de bola na grande área e bateu para as redes de Wilson, fechando o placar.