98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. No último minuto, Atlético vence Tombense no Mineirão

No último minuto, Atlético vence Tombense no Mineirão

O Tombense saiu a frente no marcador, mas a insistência do Atlético resultou na vitória alvinegra; Na partida de volta, Galo pode ser campeão somente com empate.

Por Vinícius Silveira - Esporte27/08/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

A primeira partida da final do Campeonato Mineiro terminou com vitória do Galo. O Atlético venceu o Tombense, de virada, por 2 a 1, no Mineirão. Os gols do Galo foram anotados por Eduardo Sasha e Keno e o time de Tombos marcou com Rubens.

O próximo jogo da decisão mineira será no próximo domingo (30), às 16 horas, no Mineirão. O Atlético tem a vantagem do empate para conquistar o 45º título mineiro de sua história. Já o Tombense precisará da vitória.

ATLÉTICO INSISTE, MAS NÃO BALANÇA AS REDES

Na escalação, Jorge Sampaoli colocou Eduardo Sasha como titular pela primeira vez, mostrando que o time estaria ainda mais ofensivo.

No primeiro tempo, o Atlético começou com a posse de bola e buscando se aproximar do gol. Quem imaginava que o Tombense fosse ficar atrás, pensou errado. O Gavião Carcará adiantou suas linhas quando teve a bola e buscou o gol, mas não exigiu nenhuma grande defesa de Rafael.

O goleiro Felipe fez três boas defesas. A primeira após a cobrança de falta por Hyoran. Logo depois, Guilherme Arana arrematou a gol com a perna direita, e em seguida, Keno cabeceou a bola cruzada por Guga e exigiu importante.

TOMBENSE ABRE O PLACAR, MAS ATLÉTICO VIRA O JOGO

Na etapa final, o Atlético voltou com duas mudanças: saíram Marrony e Savarino e entraram Alan Franco e Marquinhos. Com a presença dos dois, Sasha ficou mais centralizado no ataque e Alan Franco deu consistência no meio. O Galo criou diversas oportunidades e exigiu boas defesas do goleiro Felipe.

Apesar das mexidas e da pressão no Galo, quem saiu a frente no marcador foi o Tombense. O árbitro Marco Aurélio Fazekas Ferreira marcou pênalti após o ser chamado ao VAR e verificar infração de Junior Alonso na pequena área. O atacante Rubens, que sofreu a falta, cobrou a penalidade e marcou o sétimo gol dele no Mineiro.

Logo depois, Sampaoli tirou Hyoran e colocou Bruno Silva. No lance de ataque do Galo, Junior Alonso bateu para o gol. Felipe deixou a bola escapar nos pés de Eduardo Sasha, que mandou para as redes.

O Atlético seguiu dominando o jogo. Tinha mais posse de bola e finalizava mais, mas errava no último arremate. O Tombense só incomodou o goleiro Rafael maus uma vez. Após falta cobrada por João Paulo, o zagueiro Matheus Lopes cabeceou para ótima defesa do camisa 32 atleticano. No rebate, Rubens completou, mas sem força. Rafael operou grande intervenção com a perna direita.

Por fim, Sampaoli tirou Eduardo Sasha e Guga e colocou Allan e Mariano. O Tombense aguardou o fim da partida mantendo a vantagem. No entanto, valeu a persistência alvinegra até o minuto final. Aos 52 minutos, o atacante Keno recebeu na área e bateu cruzado. A bola tocou no zagueiro Matheus Lopes e tirou o goleiro Felipe do lance. Vitória do Galo, 2 a 1.