Carregando...

Esporte

Perícia aponta veracidade em e-mails do Cruzeiro por acordo com o Zorya

A perícia apontou que os e-mails enviados pelo clube mineiro para a tentativa de acordo com o Zorya, da Ucrânia, são procedentes.

Por Guilherme Souza

Foto: Divulgação/Cruzeiro


Na manhã desta terça-feira (15), o Cruzeiro divulgou uma nota esclarecendo os detalhes da punição aplicada pela FIFA no caso do atacante Willian, com o Zorya, da Ucrânia.

No início de setembro, o clube mineiro foi comunicado da punição, que consiste na proibição do registro de atletas até que o caso seja solucionado.

Na data do recebimento do comunicado, o clube celeste afirmava ter feito um acordo com o time ucraniano, o que teria acontecido através de uma troca de e-mails.

Após o fato, o Cruzeiro acionou um profissional da área de tecnologia da informação e realizou uma perícia nos e-mails trocados com o time ucraniano.

A perícia foi realizada pelo professor Guilherme Rodrigues Pereira, da empresa DGP TI - Soluções em Tecnologia da Informação, e apontou que todos os e-mails (sejam os que confirmam o acordo, ou os que são alegados como inverídicos),  possuem a mesma procedência.

O Cruzeiro anexou este documento ao processo da FIFA e aguarda uma reconsideração por parte da entidade máxima do futebol.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais