98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Sérgio Santos Rodrigues é o novo presidente do Cruzeiro

Sérgio Santos Rodrigues é o novo presidente do Cruzeiro

Além de Sérgio Santos Rodrigues, Paulo Cesar Pedrosa foi eleito presidente do Conselho Deliberativo

Por Vinícius Silveira - Esporte21/05/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O advogado Sérgio Santos Rodrigues é o novo presidente do Cruzeiro. O líder da chapa "Centenário" derrotou Ronaldo Granata nas eleições presidenciais do clube celeste com 269 votos contra 74 de Granata. O primeiro vice-presidente eleito é o médico Lidson Potsch Magalhães e o segundo vice-presidente é o administrador de empresas Biagio Pelluso. Sérgio cumprirá mandato até 31 de dezembro deste ano, mas em outubro haverá novo pleito para eleger outro mandatário para o próximo triênio. Sérgio pode tentar a reeleição.

Também foi conhecido o novo presidente do Conselho Deliberativo do clube. É Paulo César Pedrosa, que saiu vitorioso com 112 votos, contra 102 de Giovani Baroni. Paulo Sifuentes teve 99 votos e Luis Carlos Rodrigues somou 34 votos. Com Pedrosa, foram eleitos Nagib Simões (vice), Evandro Vassali (1º secretário) e Marcus Edmundo Lambertucci (2º secretário). Assim como Sérgio Santos Rodrigues, Pedrosa terá mandato até dezembro deste ano.

Foto: Guilherme Souza

Sérgio Santos Rodrigues é advogado, tem 37 anos, acumula trabalhos voluntários no Cruzeiro há nove anos e passou por diversos setores do clube. Em 2017, concorreu as eleições presidenciais contra Wagner Pires de Sá e saiu derrotado por diferença de 35 votos.

"Com muita honra e uma enorme alegria, encaro o maior desafio da minha vida: a Presidência do Cruzeiro Esporte Clube. Comprometo-me a colocar em prática tudo que propus e farei todo o possível para que o clube retorne ao seu devido lugar de destaque", declarou, Sérgio, em sua conta oficial no Twitter.

As votações começaram na manhã de hoje e duraram até às 16 horas. Os torcedores estiveram presentes e praticaram atos hostis contra figuras conhecidas do clube, como Sérgio Nonato, ex-diretor-geral do clube na gestão Wagner Pires de Sá. Serginho teve que ser amparado por escolta militar devido a exaltação dos celestes. Zezé Perrella, ex-presidente do Cruzeiro, também compareceu ao local de votação e levou cusparada no rosto. Por outro lado, Pedro Lourenço, ex-membro do Conselho Gestor e conselheiro do clube foi tratado com respeito e ouviu os aplausos dos cruzeirenses.