98 Live - Logo
  1. News
  2. Esporte
  3. Venda da Sede Campestre 2 é aprovada por unanimidade pelo Conselho do Cruzeiro

Venda da Sede Campestre 2 é aprovada por unanimidade pelo Conselho do Cruzeiro

Venda do imóvel serviria para pagamento de dívidas pontuais do clube celeste.

Por Vinícius Silveira - Esporte03/08/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Foto: Reprodução/Google

Em reunião no Conselho Deliberativo do Cruzeiro, foi aprovado por unanimidade a alienação da Sede Campestre 2, localizada no bairro Santa Branca. Atualmente, o local serve como estacionamento e a venda do imóvel serviria para pagar dívidas pontuais do clube, como as que estão pendentes na FIFA.

Durante a reunião, estiveram presentes 223 conselheiros e para aprovar a venda do imóvel, eram necessários 9/10 de votos favoráveis.

Antes de explicar a necessidade da venda do imóvel, o presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues falou sobre a presença de conselheiros que estão no processo de afastamento e que estão amparados pela justiça. O mandatário celeste explicou que por estarem judicializados, a situação não estaria no controle da presidência ou do presidente do Conselho Deliberativo, Paulo Pedrosa.

Sérgio Santos Rodrigues falou detalhadamente sobre o objetivo da venda da Sede Campestre 2. O presidente expôs os números das dívidas que o Cruzeiro tem na FIFA. O clube ainda tem para pagar R$ 70,3 milhões em diversos processos vigentes.

Desde o começo da gestão de Sérgio Santos Rodrigues, foram pagos R$ 4,4 milhões ao Zorya-UCR pela contratação do atacante Willian "Bigode" e fechado os parcelamentos de débitos com o Independiente Del Valle-EQU pela aquisição de Kunty Caicedo e também com o Tigres-MEX pela negociação que permitiu a Rafael Sóbis defender o clube celeste.

O Cruzeiro ainda tem a pagar custas de processos no valor de R$ 2,3 milhões. Sérgio Santos Rodrigues expôs o pedido do Al Wahda, dos Emirados Árabes, que solicitou à FIFA punição ao time celeste com a queda para a Série C do Brasileirão. Por não ter pago o valor pela contratação do volante Denilson, o time celeste foi punido com a perda de seis pontos na Série B.

O mandatário ressaltou que quatro novos patrocinadores fecharam com o Cruzeiro e que outros dois renovaram com o clube e com valores melhores.

Por fim, Sérgio Santos Rodrigues revelou os valores recebidos da avaliação solicitada pelo Cruzeiro para a Sede Campestre 2:

1ª avaliação: R$ 15.176.623,10 (terreno) e R$ 4,8 milhões (galpão)

2ª avaliação: R$ 14.369.846,20

3ª avaliação: R$ 13.661.473,50

Ao final, os conselheiros votaram por aclamação pela alienação do imóvel, fato que foi comemorado por todos os presentes.