98 Live - Logo
  1. News
  2. Internacional
  3. Joe Biden faz mistério sobre para qual país vai doar doses de vacinas

Joe Biden faz mistério sobre para qual país vai doar doses de vacinas

Comentário de bastidores e da comunidade internacional é que as doses de vacinas contra Covid-19 que sobrarem, serão enviadas ao Brasil

Por Marcello Oliveira - Internacional16/03/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden ainda faz mistério sobre o país de destino de doses de vacinas que ele irá doar, afirmou o líder  nesta terça-feira (16), que tem conversado com vários países sobre a possibilidade de compartilhar o excedente de vacinas contra a covid-19 do país. "Vocês saberão mais em breve", afirmou o democrata a repórteres na Casa Branca.

Nesta segunda-feira (15), a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, disse que os EUA estão "engajados" com outros países, inclusive o Brasil, na discussão de uma possível doação de imunizantes. A assessora reforçou, contudo, que a prioridade do governo Biden é vacinar a população americana.

Na semana passada, Psaki havia afirmado que os EUA negaram todos os pedidos de doação de vacinas contra o coronavírus feitos por outros países até o momento. A porta-voz foi questionada, na sexta-feira (12), sobre o estoque de doses do imunizante da AstraZeneca que os EUA detêm, já que o produto ainda não recebeu autorização para uso emergencial no país. De acordo com a porta-voz, o objetivo é ter "flexibilidade" na vacinação.

 São mais de 30 milhões de doses da Astrazeneca aramazenadas em dois estados americanos aguardando a autorização da Food and Drug Administration (FDA) – órgão similar à nossa ANVISA – para deistribuição e uso das doses da vacina nos americanos ou então a doação do montante a outros países onde a vacinação ainda seja escassa.

 O Ministério da Saúde brasileiro informou em nota que já está analisando de perto a situação e em contato com as autoridades americanas, num conjunto esforço diplomátio, preservando a boa relação entre os dois países para que haja real possibilidade do Governo americano auxiliar o Brasil no combate à pandemia.

 Além das 30 milhões de doses da Astrazeneca, os Estados Unidos vai doar a sobra das vacinas em uso atualmente no país: Pfizer, Moderna e Jhonson & Jhonson.

Há grande expectativa da comunidade internacional que as vacinas que sobrarem sejam doadas ao Brasil, que atualmente protagoniza a pior situação da pandemia em todo o mundo.