98 Live - Logo
  1. News
  2. Mundo
  3. EUA e Irã confirmam retomada de 'conversas indiretas' por acordo nuclear

EUA e Irã confirmam retomada de 'conversas indiretas' por acordo nuclear

Países anunciaram que iniciarão conversas com outras potenciais globais para tentar fazer os dois países voltarem ao acordo que limita o programa nuclear iraniano

Por Estadão Conteúdo - Mundo02/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Estados Unidos e Irã informaram nesta sexta-feira (2) que iniciarão "conversas indiretas" com outras potenciais globais para tentar fazer os dois países voltarem ao acordo que limita o programa nuclear iraniano, três anos após o ex-presidente americano Donald Trump abandonar o tratado firmado por seu antecessor, Barack Obama, em 2015.

Porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Ned Price chamou a retomada das negociações, marcada para terça-feira na Áustria, "um passo saudável à frente". Mas Price acrescentou: "Estes ainda são os primeiros dias, e não prevemos um avanço imediato, pois haverá discussões difíceis pela frente."

O acordo sobre o início das conversações veio após negociações na quinta-feira intermediadas por outros países envolvidos na questão.

Trump tirou os EUA do acordo nuclear com o Irã em 2018, e o atual presidente americano, Joe Biden, disse que retornar ao tratado é uma prioridade para seu governo.

O governo Biden e o Irã divergem sobre as condições para que isso aconteça, incluindo o momento do levantamento das sanções dos EUA contra o Irã.

O ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, enfatizou imediatamente que nenhuma reunião foi planejada entre autoridades do Irã e dos EUA.

Em publicação no Twitter, Zarif disse que o objetivo da sessão de Viena seria "finalizar rapidamente o levantamento das sanções e medidas nucleares para a remoção coreografada de todas as sanções, seguido pelo Irã cessar as medidas corretivas".

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.