98 Live - Logo
  1. News
  2. Mundo
  3. Líderes mundiais cumprimentam Biden após posse como presidente dos EUA

Líderes mundiais cumprimentam Biden após posse como presidente dos EUA

Entre os que se manifestaram está o presidente da França, Emmanuel Macron, que aproveitou a mensagem para celebrar o retorno dos americanos ao Acordo de Paris

Por Estadão Conteúdo - Mundo20/01/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Líderes mundiais, como o presidente do Canadá, Justin Trudeau, e o primeiro-ministro da Israel, Benjamin Netanyahu, foram ao Twitter cumprimentar o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e sua vice, Kamala Harris, pela posse nesta quarta-feira, 20, como novos líderes da Casa Branca. O presidente da França, Emmanuel Macron, aproveitou a mensagem para celebrar o retorno dos americanos ao Acordo de Paris, uma promessa de campanha dos democratas.

"Muitas felicidades neste dia tão significativo para o povo americano! Estamos juntos. Estaremos mais fortes para enfrentar os desafios do nosso tempo. Mais fortes para construir nosso futuro. Mais fortes para proteger nosso planeta. Bem-vindos de volta ao Acordo de Paris!", publicou Macron na rede social.

Biden deve assinar a ordem executiva devolvendo os EUA ao Acordo de Paris, que combate as mudanças climáticas, ainda nesta quarta-feira.

Em sua publicação, Trudeau lembrou que EUA e Canadá são parceiros históricos. "Estou ansioso para continuar essa parceria com você, Biden, Kamala Harris e sua administração", publicou. Já Netanyahu, ao parabenizar os empossados, disse esperar trabalhar junto ao novo líder da Casa Branca e citou o Irã como uma "ameaça" e um "desafio comum".

O Alto Representante da União Europeia (UE) Josep Borrell saudou "a intenção do presidente de se envolver com o mundo mais uma vez". "A UE espera abrir um novo capítulo das relações transatlânticas e trabalhar em conjunto na resolução das 'crises em cascata da nossa era'", escreveu no Twitter.

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, também se manifestou sobre o novo governo, mas não citou a chapa eleita Ele apenas escreveu que a administração do agora ex-presidente Donald Trump é "relegado à história em desgraça". "Talvez o novo pessoal em Washington tenha aprendido", concluiu.

Mais cedo, outras lideranças mundiais como o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, também se manifestaram.